Histórias do Esquí I

10:49 Net Esportes 10 Comments

"The Herminator", assim é conhecido o esquiador Hermann Maier, uma alusão ao personagem de cinema do seu compatriota Arnold Schwarzenegger, e isso se deve ao fato de que ele é uma verdadeira máquina humana, sobrevivente de vários acidentes, seja de avião, moto e até mesmo praticando o seu esporte, como nas Olimpíadas de Inverno de Nagano 1998.

Maier era apenas mais um nome no mundo gelado do Esquí Alpino, mas nas eliminatórias para a prova de Downhill um acidente espetacular mudou o rumo de sua vida, após calcular mal a entrada em uma curva, o austríaco literalmente voou à mais de 120 Km/h, ficou suspenso no ar por mais de três segundos, bateu a cabeça no chão e ainda passou por duas telas de proteção.

O que poderia ter sido o fim da carreira foi um salto para o estrelato, fazendo justiça ao verdadeiro espírito olímpico, Hermann Maier não desistiu de seus objetivos, levantou a cabeça e alguns dias depois já estava no alto da montanha para mais um descida, o resultado acabou sendo medalha de ouro no Super-G e Giant Slalom, absolutamnete inteiro, como se nada tivesse acontecido.

Considerado um dos melhores esquiadores dos últimos tempos, Maier provou que no esporte tudo é possível, foi um exemplo de superação e uma pura personificação dos ideais propostos pelo Barão de Coubertin. Quatro vezes campeão da Copa do Mundo de Esquí Alpino, a vida Hermann Maier foi marcada por diversos acidente desde sua infância e juventude, porém sempre deu a volta por cima, sempre se mostrou indestrutível, como um verdadeiro "exterminador". (Foto: Arquivo)

- VEJA O VÍDEO DA QUEDA

10 comentários:

Rubens Rodrigues disse...

No esporte tudo é possível com garra e vontade!!

O importante é ter garra! Parabéns pelo blog.

Jonatas Fróes disse...

Poxa, que bacana!!! Pena que seja um esporte fadado à inexistencia devido ao aquecimento global hehehehe... A menos que criem grandes colinas artificiais, o que não é impossivel xP

[]'s

Musikaholic

jαnα ¦D disse...

Haja coragem para fazer o que ele faz...com tanto garra assim, tem que ser bom mesmo :D

Abraços.
='-'=

Marcio Sarge disse...

Uma exemplo de garra e virtude esportiva pra qualquer um, seja dentro ou fora dos esportes.

blog disse...

Caro Neil, seu blog é ótimo. Eu já disse isso. Mas vejo que vc colocou, na galeria dos melhores, todos aqueles que, em seus setores esportivos, superaram os outros - exceção para Senna.
Não seria o Schummacher melhor?
Afinal, os números dele são impressionantes...

Abraço.

@Caro Pr. Grijó: você me fez essa mesma indagação acredito que em uma de suas primeiras passagens aqui no meu blog, a resposta deve estar em algum cometário ‘distante’ e não me lembro exatamente o que falei, mas era algo parecido como

“O Senna correu menos tempo que o Schumacher, e em uma época que seu carro não era unânimidade como a Ferrari do alemão, além do que ele teve adversários de muito mais talento correndo contra ele, como Prost, Mansell e Piquet, ou seja, apenas alguns pontos que na minha opinião fazem o Senna melhor que o Shummy que vão além dos números e recordes” abraço !!

Vinicius Grissi disse...

O cara é o Chuck Norris do Esquí...kkkkkkkkkkk

hauhuahuauaa
adoreii o recado do Vini rsrs

ta tudo em ordem aii??
Bjss

Danilo Damasceno disse...

Ah se a seleção brasileira tivesse um pouquinho dessa garra.Sonho meu.Abração

Visite o blog tampão do Pitacos do Bodaum, e ajude nas interrogativas do Bodaum.

http://blogs.abril.com.br/pitacosdobodaum