Histórias do Turfe II

15:28 Net Esportes 1 Comments

Samuel Ogle fundou no século XVIII a Belair Stud, que mais tarde, em 1910, acabaria sendo herdada por William Woodward, um grande criador de cavalos que entrou em um lelilão para pagar U$ 125 mil por Sir Gallahad III, e por mais otimista que pudesse estar do seu próprio investimento, mal podería esperar o quanto sua cria iría render.

O dia era 23 de Março de 1927, e nasceu ali um pequeno potro que recebeu o nome de Gallant Fox, um nome que poucos acreditavam que ia ser tão famoso no futuro, já que com apenas dois anos de idade começou a disputar corridas, e os resultados não eram muito satisfatórios, porém ainda no final de 1929, as coisas enfim começaram a mudar.

Fox venceu o Flash Stakes e o Cowdin Stakes, começou a chamar a atenção mesmo em meio a crise na Bolsa de Valores de Nova York, até que fez do ano de 1930 quase perfeito na sua carreira, sua única derrota não foi nada perto dos oito triunfos que conquistou, sendo três deles nas três mais importantes corridas do turfe norte-americano.

Kentucky Derby, Preakness Stakes e Belmont Stakes, o jovem e sempre muito forte Gallant Fox se tornou o segundo vencedor da tríplice coroa em todos os tempos, um feito memorável para ele, seu treinador e o jockey Earl Sande. No total em sua carreira foram 11 vitórias, três vezes segundo e duas terceiro, números que o colocaram no Hall da Fama em 1953 e o fez ser eleito como o 28º melhor cavalo de corrida da história. (Foto: Arquivo)

1 comentários:

Vinicius Grissi disse...

Belíssimo cavalo...na foto! É claro que não conheço seu potencial assim como você...hehehe