Ele voou como um pássaro

19:54 Net Esportes 0 Comments

Apesar deste sábado ter tido final de tarde cinzento em Louisville, Kentucky, milhares de pessoas não hesitaram em lotar completamente o Churchill Downs, tudo para acompanhar de perto aquela que é a maior corrida de cavalos do mundo, o Kentucky Derby, que chegou à sua edição de número 135, e reservou emoções de sobra desde o começo do dia até o final dele, onde se viu uma vitória arrasadora.

Fazia muito tempo que não acontecia mas infelizmente ocorreu, o favorito desistiu justamente no dia da competição, I Want Revenge apresentou uma lesão e seu treinador Jeff Mullins não pensou duas vezes para tirá-lo do páreo, sobrou tristeza para Joe Talamo, o jovem jockey de apenas 19 anos de idade. Foi um grande susto e preocupação para os fãs e apostadores de todas as partes, quem poderia agora se tornar o grande vencedor da corrida mais aguardada de todos os anos?

Chocolate Candy estava confiante e Papa Clem queria gravar seu nome na história, além de General Quarters que tinha grandes possibilidades na pista mais famosa do planeta, mas dentre os 18 cavalos restantes, um deles parecia ter criado asas para literalmente voar diante do público que ia ao delírio, Mine That Bird largou da posição número 8, chegou a estar atrás de uns 14 concorrentes, mas deu um arrancada fantástica e venceu com folga.

Pelo alto foi possível ver Mine That Bird ultrapassar vários de seus adversários por dentro da pista desde a penúltima curva, a arrancada na reta sob a condução do jockey Calvin Borel foi incrível e ele abriu cerca de sete corpos de vantagem, foi o segundo triunfo de Borel que havia vencido em 2007 com Street Sense, ele não se contia de emoção enquanto dava a volta da vitória agradecendo o público, voou para vencer e estava nas nuvens com um triunfo surpreendente e espetacular que sem dúvida entrou para a história do turfe. (Foto: Jamie Squire/Getty Images)

0 comentários: