Pra ir matando a saudade

11:50 Net Esportes 2 Comments

Foram 10 meses sem disputar um torneio de simples, uma aparição rápida em março onde perdeu um jogo de duplas não foi suficiente para matar as saudades, mas desta vez Maria Sharapova voltou para fazer a alegria dos fãs, teve uma estréia muito difícil no torneio de Varsóvia mas se recuperou, e muito na segunda rodada, onde venceu fácil, e segue firme em seu retorno mais do que aguardado.

Na segunda-feira foram nada menos que 2h35min de partida, quem deu esse trabalho todo foi a italiana Tathiana Garbin, que perdeu em três sets, parciais de 6-1, 6-7(8) e 6-3, um alívio para os admiradores da musa russa que há tanto tempo não dava o ar de sua graça pelas quadras, o que inevitavelmente resultou em uma grande queda no ranking, 126ª posição anunciada no início desta semana, mas ele quer mudar isso.

Uma nova roupa não poderia deixar de usar, e a proteção no ombro direito até assusta, será que ela ainda sente dor ?, ou pior, será que ela suporta mais um jogo ? as respostas devem ser não e sim, pois na sugunda rodada Sharapova não deu nenhuma chance sequer para a bielorrussa Darya Kustova, onde aplicou impiedosos 6-2 e 6-0, os velhos tempos parecem estar de volta, e a vaga nas quartas-de-final garantida.

Sharapova vai voltando ao ritmo das competições e o torcedor aproveita para ir matando a saudade, a próxima adversária será a ucraniana Alona Bondarenko, e tudo que todos querem é mais uma vitória, mesmo porque na semana que vem já começa o torneio de Roland Garros, onde seu melhor resultado é uma semifinal em 2007, mas quem sabe ela não esteja mais forte do que nunca, e consiga o único Grand Slam que falta em sua carreira. (Foto: Janek Skarzynski/AFP)

2 comentários:

Ron Groo disse...

Eu adoro o Tênis, e vou gostar mais quando puder ver a bolinha.
Porém quando tem esta esta maravilha segurando a raquete, quem liga para a bolinha?
E tambem gosto das irmãs Williams. Serena e Venus... ai ai ai.

Vinicius Grissi disse...

Linda demais! Esta aí faz falta quando fica fora.