A afirmação de Dunga

09:10 Net Esportes 8 Comments

Instabilidade, um ano sem fazer gols em casa, derrota para a Venezuela, convocações e escalações ruins, desconfiança de todos os lados, o Brasil fica mais uma vez sem a medalha de ouro nas Olimpíadas, a torcida impaciente não hesita em sempre pedir a cabeça do técnico Dunga que muitas vezes esteve balançando no cargo de técnico da Seleção Brasileira, mas o ex-jogador sempre foi persistente, e com ele sempre esteve o 'outro lado da história'.

Campeão da Copa América, vitória contra a toda poderosa e atual campeã da Copa do Mundo, a Itália, fim de um tabu de não vencer o Uruguai em seus domínios que já durava 33 anos, três vitórias seguidas nas Eliminatórias que não aconteciam há muito tempo, e com isso a liderança isolada na dusputa rumo à Copa de 2010, dentre os altos e baixos, o lado positivo sempre falou mais, e assim Dunga conseguiu sua afirmação no comando da Seleção.

A dúvida sobre o que poderia e o que pode ainda fazer Dunga como técnico vinha justamente pelo fato dele nunca ter sido técnico na vida, o ex-capitão do Brasil seguiu os passos do alemão Jürgen Klinsmann, e depois viu até Maradona ir para o mesmo caminho, porém o argentino que perdeu para o Equador, está em uma situação bem mais complicada, enquanto que Dunga dificilmente não irá à Copa, mesmo que ainda falte aquele que por muitos foi apontado como desafio final, a Copa das Confederações.

Para estar na África do Sul em 2010 falta muito pouco, por isso triunfar ou não na África do Sul em 2009 não será determinante para a sequência do trabalho de Dunga, que após o final do jogo contra o Paraguai, vencido por 2 a 1, disse saber exatamente o que está fazendo na Seleção Brasileira, portanto mesmo firme no cargo, ele talvez mantenha sua linha de altos e baixos e isso não fará diferença, podendo derrotar a Itália ou a Espanha, mas também amargando derrotas para os Estados Unidos ou o Egito, tomara que não. (Foto: Antonio Scorza/AFP)

8 comentários:

Oi!

Bom, eu fui um dos mais de 170 milhões que torceram o nariz para o fato do Dunga ter sido escolhido como técnico da seleção brasileira. Não é um cargo fácil, ainda mais com essa enorme quantidade de técnicos...rsss

Eu acho que aos poucos ele vem conseguindo impor um estilo, vem batendo de frente com alguns baba-ovos ( né, Galvão),tem surpreendido em algumas escalações ( esse volante Felipe Melo, acho, foi uma boa descoberta e o Júlio César firmou-se de vez no gol) e assim vai conseguir a vaga na Copa da África do Sul...na verdade está quase lá.

Já o Maradona...hehehehehe! A próxima partida é contra a Argentina lá em Buenos Aires. Das duas uma: ou o Dunga se consagra de vez ou o Maradona volta pra Cuba! rsss

abs!

Vinicius Grissi disse...

Os números de Dunga são incontestáveis. Seus resultados são ótimos no comando da seleção. E é só comparar com as outras, pra ver que o time não joga tão mal assim.

Aseleção está ganhando moral na hora certa, chegará com força no mundial... e o Brasil de fato, sempre é o maior favorito ao titulo... abraços

MARCIANNU disse...

\o/....agora vai viu...confesso q andava meio descontente com a seleção, mas temos q acreditar né...

Pobre Esponja disse...

Apesar de não curtir o Dunga, e de achar que um técnico tem que treinar muitos times anres de chegar à seleção, é preciso admitir que o cara teve êxito: goleadas importantes, liderança nas eliminatórias e uma Copa América destroçando a Argentroxa!!

abç
Pobre Esponja

Leandrus disse...

Confesso que ainda não sinto muita confiança em Dunga. Ainda escala alguns jogadores que nem sempre são os melhores para sua posição e teima muito com isso (Gilberto Silva e Kléber são os principais exemplos). As vezes também comete alguns equivocos nas convocações, embora a ultima tenha sido coerente. E sua equipe ainda tem um sério problema que não aceito, que é a dificuldade para furar sistemas defensivos; ontem, se o Brasil não tivesse marcado logo aos 40 do primeiro tempo, gol que deu muita tranquilidade à Seleção, as coisas poderiam ter se complicado de novo por causa dessa deficiência.

Porém, é inegável que vem apresentando melhoras, talvez nem tanto na formação da sua equipe, mas pelo menos nos resultados. Ultimamente, vem superando todos os testes. Tem uma jogada que já está muito bem treinada, que é o contra-ataque, embora eu ainda torça o nariz para isso (uma seleção que em tese tem um poder ofensivo tão grande ter que depender de contra-ataques...). Seus ultimos resultados foram tão bons que nem uma má campanha na Copa das Confederações fará com que caia. Espero que continua evoluindo até 2010, e que não deixe a peteca cair. Ainda está devendo em alguns quesitos, mas já está melhorando, mesmo que essa melhora seja leve.

Ateh!

Renato Piccinin disse...

Que os números dele são incontestáveis, isso é fato. mas eu ainda sou do time dos que não gostam e nem confiam no Dunga. Não adianta nada ganhar copa das confederações, copa américa e o que for, se chegar na Copa e der vexame como em 2006. Eu preferia chegar raspando nas eliminatórias e arrebentar na Copa como a seleção de 2002 fez. Não confio no Dunga. Abs.

André Augusto disse...

É como disse o Rizek: Pragmático e eficiente.

Agoras os resultados estão mais consistentes, como se fosse 1994. Não podemos esperar espetáculo dessa Seleção, mas é inegável que Dunga está se acertando no comando do time.