Brasil sim, Espanha não

17:41 Net Esportes 4 Comments

Na última Copa do Mundo realizada na Alemanha em 2006 havia uma possibilidade de um confronto entre as Seleções do Brasil e da Espanha na fase de quartas-de-final, mas mesmo com 100% de aproveitamento na primeira fase os espanhóis acabaram sendo superados pela França, equipe que acabou tirando também o Brasil e seus 100% daquele Mundial, desde então este passou talvez a ser um dos confrontos mais aguardados pelos torcedores, mas ele segue insistindo em não acontecer.

A última vez que Brasil e Espanha se enfrentaram foi em um amistoso no ano de 1999, o placar acabou empatado em 0 a 0, antes disso, a Fúria havia vencido em 1990 por 3 a 0, já o Brasil triunfou por um gol a zero na Copa de 1986 e em outro amistoso realizado em 1981, todos os outros duelos anteriores foram em Copas do Mundo, com mais duas vitórias do Brasil e uma outra dos espanhóis, muito pouco para essas duas Seleções, que viram na Copa das Confederações mais uma grande oportunidade de medirem suas forças.

Mesmo com a Itália na disputa, não havia quem não apontasse uma final entre Brasil e Espanha, ambas mais uma vez conseguiram vencer todos os jogos da fase de classificação, tinham pela frente adversários considerados fáceis, mas mesmo depois de ganhar a Eurocopa, conseguir ficar invicta por 35 jogos, alcançar o recorde de 15 vitórias seguidas, a Espanha conseguiu perder na semifinal, para os EUA por 2 a 0, uma seleção que quase não se classificou, e que acabou conseguindo a maior vitória de toda sua história.

A zebra correu solta pela África, e poderia ter corrido ainda mais, entusiasmo incrível dos torcedores, festa, alegria e até visita de Nelson Mandela, a velha 'malandragem brasileira' de Joel Santana e a África do Sul quase aprontou pra cima do Brasil, que no sufoco acabou vencendo por 1 a 0, eles estavam tentando fazer com que finalmente o mundo pudesse ver um confronto entre Brasil e Espanha, mas não será mesmo dessa vez, o Brasil vai para a final, e a Espanha luta com os anfitriões para não sair tão por baixo. Já ta mais que na hora de marcar outro amistoso, ou quem sabe essa final tão aguardada aqui não aconteça de fato no ano que vem, na Copa do Mundo. (Foto: Kevork Djansezian/Getty Images)

4 comentários:

Breiller disse...

Realmente, cara. Todo mundo esperava um confronto entre Brasil e Espanha na final, e os EUA foram lá e acabaram com a festa. Os EUA, não. A própria Fúria, que se deixou levar pela tão falada supremacia espanhola e sucumbiu diante de um adversário bem razoável.

A África do Sul, por exemplo, tem um time bem mais agressivo e arrumado que o dos EUA. Deu trabalho para o Brasil. No caso da Espanha, rolou um salto alto mesmo. Como eles dizem por lá, "zapatillas de tacones".

Abraço!

Edu Mendonça disse...

E essa copa fica ainda mais sem graça do que já estava com Brasil e EUA na final. Pior: o (provável) título garante a volta do Dunga à África do Sul no ano que vem. Podemos até ganhar esse mundial, somos o Brasil. Mas não será algo bonito de se ver.

http://tudobola.blogspot.com/

Vinicius Grissi disse...

Uma pena. Seria uma final fantástica! Agora teremos que aguentar mais um jogo contra a pragmática seleção americana.

Blog do Tavares disse...

Já que não deu pra ser na final, bem que poderia ter sido na disputa do 3º lugar, mas nem isso tivemos o prazer de ver.

Abraços