Histórias do Tênis VI

10:01 Net Esportes 2 Comments

Depois de um domínio absoluto de Estados Unidos, Reino Unido e Austrália, finalmente a vez da França na Copa Davis chegou no ano de 1927, mais do que isso o país obteve uma sequência de seis títulos consecutivos, comandados principalmente por seu melhor jogador na época, René Lacoste, que apesar de ter sido um excelente tenista, acabou se tornando mundialmente famoso devido a marca de roupas que criou com o próprio nome, a Lacoste.

Alguns dizem que foi por causa de sua agrecidvidade em quadra, outros afirmam que o capitão da França na Davis fez uma aposta com René envolvendo uma mala de crocodilo, e em meio a essa discordância a Associeted Press não hesitou em colocar no jogador o apelido de “Alligator”, ou Jacaré, que acabou pegando para alegria de um amigo seu, que bordou um sua roupa um simpático jacaré, imagem que se tornaria o grande símbolo da marca que eles mesmo criaria.

As idéias começaram em 1929 e em 1933 fábricas já faziam produções em larga escala, Lacoste venceu Roland Garros três vezes, Wimbledon duas e US Open outras duas, e foi justamente nos Estados Unidos que usou pela primeira vez a camisa de mangas curtas com gola e botõezinhos que iam do pescoço ao peito, a camisa que ao longo do tempo se tornaria a tão conhecida Camisa Pólo e sua tradicional gola, sem esquecer é claro do famoso jacaré estampado na frente.

René Lacoste entrou para o Hall da Fama em 1976 e faleceu em 1996 com 92 anos, mas foi obrigado a abandonar as quadras em seu auge devido a uma tuberculose, fato que acabou lhe dando muito mais tempo para se dedicar aos negócios e fazer crescer a sua marca, onde hoje sua família detém 65% do poder da empresa que abrange mais de 110 países com cerca de 996 lojas espalhadas por todas as partes, incluindo o Brasil que vende através de 51 estabelecimentos. (Foto: Arquivo)

2 comentários:

Vinicius Grissi disse...

Incrível esta história. Nunca pude imaginar que o criador da Lacoste foi um grande jogador de tênis. Vivendo, lendo o Net Esportes, e aprendendo!

Jessica Corais disse...

Muito bacana a história!!!

Realmente não sabia, mas foi muito legal conhecer mais um pouquinho da história do tenis.

P.S: Coloquei o retrospecto do Cuca como treinador do São Paulo, depois passa no meu blog para conferir.

Abraços, Jessica Corais