O palco das decisões

16:23 Net Esportes 5 Comments

F1 Grand Prix of Brazil - Race
No próximo ano a temporada da Fórmula 1 será a mais longa de toda a história, e o GP Brasil voltará a ser a corrida que encerrará o campeonato, assim se houver algum equilíbrio como em 2008 e 2007, as chances do título ser definido em Interlagos serão muito grandes, e caso isso aconteça, será nada a menos que sexta vez consecutiva que título sai em São Paulo, a cidade que se tornou um verdadeiro palco das decisões, e que viu hoje mais um vez o grande campeão ser coroado, pela quinta vez seguida, e pela quarta vez com um piloto recebendo seu primeiro título de campeão na carreira.

Quem poderia imaginar que a equipe Honda, quase falida, se transformaria na Brawn GP, com o melhor de todos os carros, com um tal de difusor traseiro que ninguém nem se lembra mais, com um de seus pilotos dominando quase 100% das primeiras sete corridas, onde venceu seis e foi terceiro em outra, o até então já muito desacreditado inglês Jenson Button, que renasceu das cinzas para ao lado de Ross Brawn dominar a Fórmula 1, não havia como imaginar que o título de campeão iria para algum outro piloto, porém não faltou chances para pelo menos dois outros que corriam sempre atrás.

Além da Brawn GP, outra equipe também cresceu e conseguiu superar as até então poderosas Ferrari e McLaren, era a Red Bull de Sebastian Vettel, o promissor piloto alemão que foi o único a vencer enquanto só Button vencia, porém alguns resultados ruins o colocavam no GP Brasil apenas com chances remotas, quase a mesma situação de Rubens Barrichello, piloto local que a muitos anos alimenta um grande sonho, ser campeão mundial e vencer no circuito de Interlagos, não conseguiu nem um e nem outro, mais uma vez Rubinho deu azar na corrida realizada em sua própria casa e com grande apoio da torcida, assim quem agradeceu foi seu companheiro de equipe.

F1 Grand Prix of Brazil - Race
A Brawn é campeão de construtores e seu piloto Button é campeão do mundo, um feito histórico fantástico para o inglês, o quinto colocado do GP Brasil vencido por Mark Webber é abraçado por Rubens Barrichello logo que desce do carro, o brasileiro havia feito a pole-position com um grande show debaixo de muita chuva um dia antes, mas seu carro não rendeu e ele ainda teve um pneu furado no fim e acabou só em oitavo, é hora de reconhecer que mesmo não indo bem após a oitava corrida, Button mereceu o título pois soube administrar como ninguém toda a vantagem que tinha, e conseguiu ser campeão em São Paulo, o palco das decisões que muitos vão querer que se repita no ano que vem, afinal o que vale mesmo é sempre poder ver a emoção de um grande vencedor. (Foto: Mark Thompson e Clive Mason/Getty Images via PicApp)

5 comentários:

Leandrus disse...

Tomara que Interlagos continue decidindo o campeonato. Isso porque eu pretendo acompanhar a corrida in loco ano que vem, rs

Quanto a Button, embora eu não o ache um piloto daqueles a ser imortalizado na galeria de campeões, conquistou um título merecido. Enquanto teve disparado o melhor carro do grid, conquistou quase todos os pontos possíveis e bateu com sobras seu companheiro, que era o único que poderia batê-lo naquele tempo mas fez algumas corridas muito apáticas enquanto o inglês vencia uma prova atrás da outra.

A segunda metade de campeonato foi bem mais ou menos. Mas como já havia acumulado uma boa gordura na classificação geral, se deu ao luxo de administrar a vantagem. E conseguiu bem.

Ateh!

Michel Farias disse...

O Rubinho esse ano tem q ficar muito orgulhoso com ele mesmo, ninguém esperava q nas últimas corridas ele estaria brigando pelo campeonato, depois de quase ficar aposentado... Parabéns Rubinho!!

Abraços!

http://ofuteboleoscariocas.blogspot.com/

Vinicius Grissi disse...

Uma grande corrida, movimentada, disputada e emocionante até o fim. Pena não ter dado para o Rubinho que merecia pelo menos subir ao pódium no Brasil. Mas o título ficou em boas mãos. Button foi o que mais mereceu, principalmente pelo início da temporada.

Marcelonso disse...

Button soube garantir o campeonato,pilotou com arrojo e teve sorte de campeão.


abraço

Patrick Araújo disse...

Foi uma grande corrida, achu que uma das melhores da temporada!

Pena que o Rubinho naum consegiu, embora, o Button tenha merecido, onde no inicio da temporada estava imbativel....

Ele teve sorte de campeão e fez o feijão com arroz em Interlagos...

Agora é torcer pra ano que vem ter um brasileiro disputando o título...

Abraçosssss