Colecionando os cinturões

08:53 Net Esportes 0 Comments

Manny Pacquiao v Miguel Cotto
O público que lotou o MGM Grand Hotel, em Las Vegas, só pensava em uma coisa no final da grande noitada de boxe e gritava repetidas vezes: “Queremos Floyd!”. O motivo era único e não havia motivos para ser diferente, os torcedores daquele que é considerado o maior pugilista da atualidade vibram com mais uma vitória massacrante e querem um rival à sua altura para enfrentá-lo, eles querem o invicto Floyd Mayweather Jr. para provar definitivamente a força do filipino Manny Pacquiao, um verdadeiro colecionador de títulos.

A condição da favorito para a sua 55ª luta era grande, porém o adversário Miguel Cotto com apenas uma derrota na carreira não podia ter um possível triunfo totalmente descartado para este combate, principalmente pelas suspeitas polêmicas que envolviam o único revés que sofreu no ano de 2008, o adversário na ocasião supostamente teria colocado pasta de gesso na luva, já que foi flagrado fazendo o mesmo em uma luta posterior, Cotto lutou bem, mas provavelmente viu os vultos do terrível algoz Margarito pela frente.

O pessoal de apoio do portorriquenho tenta de todas as maneiras cuidar do rosto de Cotto mas a tarefa é extremamente difícil, o boxeador foi derrubado por Pacquiao no terceiro e no quarto round, mostrou extrema valentia e resistência, levou o grande duelo madrugada a fora até o 12º e derradeiro assalto, o seu rosto já estava completamente vermelho de sangue, ferimentos por todas as partes, o filipino não se importa, parte para cima e desfere uma sequência impressionante de socos, em 55 segundos o juiz determina, é fim de luta. "Eu não sabia de onde vinham os golpes", disse o ensaguentado derrotado.
Manny Pacquiao v Miguel Cotto
Festa nas Filipinas para o seu maior herói do esporte, festa no ringue para o novo campeão do peso meio-médio da Organização Mundial de Boxe, que se ajoelha no corner para rezar e agradecer mais uma conquista, sua sétima conquista em sete categorias diferentes em que já lutou, ele igualou grandes nomes do mundo do boxe como Thomas Hearns, Sugar Ray Leonard, Oscar De La Hoya e claro o norte-americano Floyd Mayweather Jr., o próximo alvo do destruidor Manny Pacquiao, em mais uma luta que será provavelmente muito equilibrada e sem dúvida muito aguardada por todos os fãs que não escodem seu desejo de ninguém, eles “Querem Floyd!”. (Foto: Al Bello e Ethan Miller/Getty Images via PicApp)

0 comentários: