Resta esperar David Haye

11:19 Net Esportes 0 Comments

Mais uma vez ele colocou o título em jogo, mais uma vez ele defende o seu cinturão, a terceira defesa só no ano de 2009, Vitali Klitschko tinha pela frente mais um desafio em sua carreira, mais uma vez contra um oponente invicto, o norte-americano Kevin Johnson que estava disposto a acabar de uma vez por todas com a hegemonia devastadora do ucraniano nos pesos pesados, falou muito, prometeu muito mas só foi capaz de conseguir prolongar ainda mais o seu fim, pois defender títulos é só uma rotina para os irmãos Klitschko, e nessa noite não poderia ser diferente.
Vitali Klitschko v Kevin Johnson - WBC Championship
Enquanto os europeus continuarem dominando os pesos pesados, a maioria das lutas continuarão acontecendo por lá, desta vez a cidade de Berna, na Suíça, foi a escolhida para receber mais um grande combate onde o cinturão do Conselho Mundial de Boxe estava em jogo, Chris Arreola tentou tirá-lo de Vitali em setembro também lutando invicto, mas não conseguiu, um pouco antes em março, Juan Carlos Gomez também fez a sua tentativa, mas foi em vão, desta vez um norte-americano brutamonte com seu estilo maio irreverente, mas que não resistiu nem fazendo muitas provocações.

Quem se desatualizou do boxe nos últimos anos até estranha o novo jeito de lutar dos pesos pesados, o ritmo é mais lento e os boxeadores usam a guarda baixa na maioria das vezes, Vitali Klitschko toma a iniciativa durante praticamente todos os 12 rounds da disputa, enquanto que Johnson se limita a revidar golpes durante a aproximação e fazer suas micagens, dancinhas e gingados, ele chama o adversário, diz que pode bater que ele aguenta, e aguenta mesmo, seus rosto não sofre nenhum abalo enquanto que o de Klitschko vai ficando destruído, porém ele só parte para cima no final do último assalto, agora já é tarde demais.

Em decisão unânime e justa dos juízes Vitali Klitschko vence e mantém o seu cinturão mais uma vez, é inevitável ressaltar que o grande objetivo de sua carreira continua sendo conquistar o cinturão que falta para que ele e o irmão Wladimir unifiquem os cinturões dos pesos pesados, o objetivo é enfrentar o falastrão David Haye que passou recentemente pelo gigante russo Nikolai Valuev e ficou com o título da Associação Mundial de Boxe, um desejo que tanto Vitali ou até mesmo Wladimir sonham em conquistar no ano que vem, desde que Haye passe John Ruiz, e aceite o confronto com os Klitschko ao invés de apenas provocá-los como costuma fazer muito. (Foto: Vladimir Rys/Bongarts/Getty Images via PicApp)

0 comentários: