Ousadia da o título na NFL

09:17 Net Esportes 3 Comments

Super Bowl XLIV Indianapolis Colts vs. New Orleans Saints in Miami
Que alegria, que gloria, que momento sublime vive o jogador de camisa número 22 do New Orleans Saints, Tracy Porter fez uma interceptação durante toda a temporada, e faltando cerca de quatro minutos para o final da última partida do ano faz mais uma, a maior de toda a sua carreira, a maior da sua vida, ele corre pelo campo sem ser incomodado por ninguém, vê a torcida do seu time e aponta para eles várias vezes, entra na end zone e marca o touchdown decisivo da partida, o touchdown do título do Super Bowl, do título de grande campeão da NFL, um título que veio com muita ousadia.

Há cinco anos atrás o furacão Katrina devastou a cidade de New Orleans, o povo teve que se reerguer, se reestruturar assim como a equipe do Saints, fundada em 1967 e que jamais havia conseguido um título, a hora era de dar a volta por cima, a hora era da recuperação, o mundo parou mais uma vez para assistir a maior festa do esporte norte-americano, uma festa com direito a um grande show da banda The Who bem no meio do campo durante o intervalo do jogo, uma festa onde um time reagiu no jogo assim como vem reagindo na vida desde a grande tragédia, onde cada um tem agora mais uma história para contar.

Porter poderia ser o MVP do jogo mas esse prêmio caiu melhor para o quarterback Drew Brees, enquanto a cidade de New Orleans sofria de um lado em 2005 ele sofria do outro na mesma época, uma lesão no ombro quase acabou com sua carreira, foi dispensado do San Diego Chargers e os médicos lhe disseram que suas chances de voltar a jogar eram quase nulas, a cidade se recuperou e Brees fez o mesmo, hoje com seus 31 anos de idade ele conseguiu conectar 32 passes na brilhante noite que teve ontem, igualou o recorde de Tom Brady jogando em um Super Bowl e agradeceu imensamente seu técnico Sean Payton, tão responsável quanto pelo enorme triunfo.

Não há dúvidas que os jogadores e torcedores do Saints acreditavam no título, porém todos sabiam que do outro lado estava a equipe do Indianápolis Colts, liderada por ninguém menos que Peyton Manning, e que abriu 10 a 0 no placar logo no primeiro quarto, mas no segundo o Saints se estabilizou, fez dois Field Goals e voltou pro jogo, começava ali uma aula de ousadia jamais vista, eles tentam a quarta descida sem medo, fazem um onside kick com extrema perfeição e após um touchdown que deixariam o adversário com chance de vitória eles vão para dois pontos, que deixaria o adversário apenas com chance de empate, na hora que entra em cena Tracy Porter, e garante a vitória de 31 a 17.
Saints defeat Colts 31-17 in Super Bowl XLIV Indianapolis Colts vs. New Orleans Saints in Miami
Fica registrado na história a ousadia de um time que não se abalou com a força do adversário e vantagem que o mesmo abriu logo no início do jogo, a força de um time que mais do tudo representa a grande reação e recuperação de toda uma população que sofreu com as forças da natureza, que deu a volta por cima e hoje está literalmente no topo do mundo, a maior conquista esportiva da cidade de New Orleans em todos os tempos veio no Futebol Americano, veio no Super Bowl, de uma forma que talvez ninguém pudesse imaginar ou esperar, o famoso carnaval local começou mais cedo com milhares de torcedores tomando as ruas de New Orleans, e definitivamente não tem hora para acabar. (Foto: UPI/Aaron M. Sprecher/NewCom e UPI/Rob Hobson/Newscom via PicApp)

3 comentários:

André Augusto disse...

A contusão de Brees e a tragpédia em Nova Orleans coincidiram da mesma forma que essa equipe espetacular em 2009/10. Título merecidíssimo!

Ron Groo disse...

Go Saints Go...

E correr 79 jardas eu nunca tinha visto.

Vinicius Grissi disse...

Título merecido e inesquecível, com certeza. O Super Bowl é fascinante, como diria Cléber Machado.