Histórias do Futebol XII

14:15 Net Esportes 1 Comments

Ah se não fosse por intervenção da primeira-ministra britânica Margaret Thatcher, não poderíamos ver na Copa do Mundo de 1982 as três Seleções do Reino Unido: Inglaterra, Escócia e Irlanda do Norte, mas que falta essas equipes iríam fazer nesse Mundial onde nem a a anfitriã Espanha conseguiu algo melhor do que ir bem na primeira fase, nessa edição do Mundial não adiantava ganhar tudo, não adiantava ser o melhor de todos, pois o Brasil de Júnior, Sócrates, Zico e Falcão comandados por ninguém menos que o mestre Telê Santana era disparado o melhor de todos, mas não conseguiu chegar nem nas semifinais, seria culpa da insistências dos organizadores em sempre ficar disputando vaga através de grupos?
Scotland And Brazil
Os grupos existem até hoje, são usados na primeira fase da Copa do Mundo, mas em 1982 assim como em outros anos eram formados novos grupos após a primeira fase, sendo que especialmente nesse ano tivemos uma repetição das famosas armações que a Copa anterior havia proporcionado, porém desta vez não envolveu Brasil nem Argentina, e sim a Áustria que entregou o jogo para a Alemanha afim de ver a pobre Argélia eliminada ainda na primeira fase, por sorte o Brasil não dependia de ninguém, ganhava todos os jogos, mesmo que sofresse o primeiro gol virava o placar, mas a alegria da Seleção Canarinho teve o seu fim nessa segunda e lamentável insistência na disputa em grupos, e o problema nem foi a Argentina.

Os hermanos, apesar de terem sido campeões em 1978, estavam péssimos em 1982, passaram para segunda fase no sufoco e acabaram sendo atropelados pelo Brasil que dava show em campo, vitória por 3 a 1 e vantagem no saldo de gols, basta um empate com a Itália para assegurar a vaga na semifinal, porém parece que tudo deu errado naquele dia 5 de julho de 1982, a TV não transmitiu a ida do ônibus até o Estádio, sem explicações o ônibus mudou a rota que fazia nesse percurso durante toda a Copa, ironicamente foi por onde costumava voltar, o time sem explicações não posou para foto dentro de campo antes do início da partida, a equipe do Brasil precisava apenas do empate e conseguiu isso três vezes no jogo, 0 a 0, 1 a 1 e 2 a 2, mas a Itália tinha Paolo Rossi, o artilheiro daquele Mundial acabou marcando três vezes só neste dia.

A Itália conseguiu a vaga na segunda fase tendo somente três empates na primeira fase, a vitória contra a Argentina havia sido a primeira e contra o Brasil foi a segunda, a azurra foi para a semifinal e a brilhante e extremamente competente Seleção Brasileira voltou para a casa, o time de Rossi eliminou facilmente a Polônia e enfrentou a Alemanha que contra a França de Platini havia vencido a primeira de todas as disputas de pênaltis da história das Copas, 5 a 4. A grande decisão aconteceu no estádio Santiago Bernabeu e com 3 a 1 no placar a Itália se sagrou tricampeão mundial, em um dia que somente um brasileiro estava feliz, Arnaldo César Coelho, que foi o primeiro juiz não europeu na final de uma Copa do Mundo em todos os tempos. (Foto: Getty Images via PicApp)

1 comentários:

FilipeJMS disse...

A Copa do Mundo de 1982 é uma das provas de que nem sempre o melhor vence, INFELIZMENTE!!
Essa seleção brasileira comandada pelo Tele era um espetáculo!!