Coreia do Sul ama Portugal

15:00 Net Esportes 2 Comments

Portugal's Cristiano Ronaldo smiles beside team mate Liedson as he celebrates his goal against North Korea during the 2010 World Cup group G soccer match at Green Point stadium in Cape Town June 21, 2010. REUTERS/Jose Manuel Ribeiro (SOUTH AFRICA - Tags: SPORT SOCCER WORLD CUP)
Faça amor, não faça Guerra. A vontade que a Coreia do Sul, assim como os Estados Unidos e grande parte do mundo tem, é de invadir a Coreia do Norte, atacar a nação de regime ditatorial e simplesmente massacrar o grande rival. Porém isso é errado, as diferenças tem de ser resolvidas diplomaticamente. Assim os coreanos no lado Sul do hemisfério ganharam um país, ou um time de futebol, para amá-los incondicionalmente. Talvez houvesse uma preferência em fazer isso pelo Brasil, que não passou de um placar apertado de 2 a 1 diante dos norte-coreanos, mas pode ser o colonizador de mesma língua, Portugal, que simplesmente arrasou e massacrou o adversário vencendo por 7 a 0.

Não faz muito tempo, foi em 2002, a Alemanha conseguiu uma placar significante contra a Arábia Saudita, vencendo por 8 a 0. Com o problema da Jabulani e as retrancas intransponíveis dessa Copa na África do Sul, o torcedor sofria não vendo gols, não vendo a rede balançar. A mesma Alemanha que fez história em 2002 conseguiu vencer seu primeiro jogo por 4 a 0, a Argentina fez 4 a 1 contra a outra Coreia, a do Sul. Mas faltava alguma coisa, faltava uma goleada histórica, como aquelas em que a Hungria destruía os rivais, 9 a 0 em 1954 e 10 a 1 em 1982, placares históricos e inesquecíveis, como o ocorrido hoje no estádio Green Point, debaixo de muita chuva.

A água que caia do céu serviu para lavar a alma do torcedor e dos jogadores lusitanos. Nenhum gol contra a Costa do Marfim no primeiro jogo e apenas um no primeiro tempo diante da Coreia do Norte. Estava difícil até apelo menos os oito minutos do segundo tempo, gol de Simão que abriu a porteira de vez, Hugo Almeida, Tiago e até Liedson assim que entrou em campo, já parecia até aquela virada incível de 1966 contra a própria Coreia do Norte, um 5 a 3 com direito a quatro gols de Eusébio, o maior jogador da história de Portugal que estava presente nas arquibancadas, e que viu o fim do jejum do atual melhor jogador português.
June 21, 2010 - Cape Town, South Africa - epa02214539 Portugal's Raul Miereles (L) is embraced by teammate Tiago after scoring during the FIFA World Cup 2010 group G preliminary round match between Portugal and North Korea at the Green Point stadium in Cape Town, South Africa, 21 June 2010.
Todos indo para o fundo dol go em jogadas excelentes da equipe portuguesa, Cristiano Ronaldo não poderia deixar de aproveitar uma oportunidade como essas. Praticamente dois anos sem fazer um gol que fosse em jogos oficiais com a camisa de Portugal, ele da passe açucarado, corre para todos os lados e chuta mais uma vez na trave. Mas aos 41 minutos acaba com o martírio, em um lance bizarro onde a bola bate em sua cabeça e nas costas antes de receber o arremate para o gol. Havia tempo ainda para Tiago fazer mais um e fechar o caixão. A Coreia do Norte voltará para a casa enquanto a Coreia do Sul feliz pode ainda seguir, mais feliz seria o mundo se o país não fosse dividido, mais feliz é Portugal que aplica a maior goleada da Copa 2010. (Fotos: Jose Manuel Ribeiro/Reuters e ZumaPress via PicApp)

2 comentários:

Ron Groo disse...

Estreia é estreia... Fosse no segundo jogo contra a Coreia acredito que fariamos igual ou mais.

Portugal não me assusta.

Patrick Araújo disse...

A copa relamente está cabulosa...

Realmente cada jogo eh uma estória...

E um jogo bem esquisito foi esse aí de baixo!

Portugal 7-0 Coreia do Norte..

Portugal e Brasil a caminho dos 1/8e vêm ai um escaldante Portugal vs Brasil...

Não menosprezem a Lusitana.....