LeBron James toma decisão

15:39 Net Esportes 4 Comments

Miami Heat's Dwayne Wade (L) and Cleveland Cavaliers' LeBron James shake hands following their NBA basketball game in Miami, Florida in this February 1, 2007 file photo. James said Thursday he is leaving the Cleveland Cavaliers to join forces with fellow All-Stars Dwyane Wade and Chris Bosh at the Miami Heat next season in the hope of winning an elusive NBA championship.  REUTERS/Brian Snyder  (UNITED STATES - Tags: SPORT BASKETBALL)
Nas ruas de Miami uma festa incrível, como se fosse a comemoração da conquista de um título do campeonato. Em Cleveland os torcedores não acreditam, ficam estarrecidos e atordoados; correria nas ruas, distúrbios, protestos por todas as partes e muitas camisas número 23 do Cavaliers sendo queimadas. Os motivos para estes dois opostos era um programa especial que estava sendo transmitido ao vivo pela ESPN em várias partes do mundo, inclusive no Brasil. O nome dele era "The Decision" ou "Lebron Decision", onde uma das maiores estrelas atuais da NBA LeBron James iria anunciar qual seria o seu destino na próxima temporada. Candidatos não faltavam: Knicks, Bulls, Nets e até mesmo permanecer no próprio Cavaliers - "Eu vou para South Beach jogar no Miami Heat" declarou o astro.

Nunca se viu tantos agentes livres na NBA como se viu ao final da última temporada. Amar'e Stoudemire foi para o New York Knicks, Joe Johnson assinou com o Atltanta Hawks, mas Ray Allen e Paul Pierce por exemplo preferiram ficar no Boston Celtics. Dirk Nowitzki foi outro que não trocou a sua equipe, o Dallas Mavericks. Draftado em 1984 Michael Jordan jogou até 1998 no Chicago Bulls, Kobe Bryant apesar de não ter sido draftado pelo Los Angeles Lakers joga nesta mesma equipe desde 1996. O problema talvez tenha sido extamente este, em sete anos de tentativas exaustivas James não conseguiu levar o Cavaliers ao título, as duas últimas temporadas foram as melhores na história da equipe mas nos playoffs as coisas acabavam não dando certo e na primeira oportunidade que teve partiu para outra.

E não foi só o torcedor que se revoltou, houve protestos do dono do Cavaliers também. Chris Grant diz que LeBron James tomou esta decisão faz tempo, que ele não jogou nem metade do que sabe na série dos playoffs em que sua equipe foi superada pelo Boston Celtics, o antes herói e Rei se tornou um dos maiores vilões na história do time. Já em Miami as expectativas crescem, o time está em formação e manteve seu maior ídolo Dwyane Wade, trazendo ainda Chris Bosh que teve uma excelente temporada no Toronto Raptors e agora colocando definitivamente a cereja no bolo fazendo o acerto com LeBron James. Os três juntos, claro com o auxílio de outros grandes nomes, ganharam recentemente o título nas Olimpíadas de Pequim, foram drafitados no mesmo ano e são grandes amigos, ele teve inúmeros motivos para fazer esta escolha.
July 08, 2010 - Greenwich, CONNECTICUT, United States - epa02241974 Handout photo from ESPN showing LaBron James (L), NBA's reigning two-time MVP, as he ends months of speculation and announces 08 July 2010 on ESPN 'The Decision' in Greenwich, Connecticut, USA, that he will go to the Miami Heat where he will play basketball next 2010-11 season. James said his decision was based on the fact that he wanted to play with Dwyane Wade and Chris Bosh.
James deixará de ser a estrela principal da equipe para quem sabe alcançar seu maior objetivo na carreira: ser campeão. O time do Miami pode ser porque não um dos maiores da NBA em 2011 e o título de 2006 pode ser repetido. Wade evitou a pressão que sofreria se fosse para o New York Knicks por exemplo, evitou muito mais comparações que sofreria com Jordan se optasse ir para o Chicago Bulls, perdeu a chance de continuar chamando a responsabilidade em um Nets ou Clippers e principalmente no próprio Cavaliers para poder pelo menos dividir a culpa em um Miami Heat no caso de fracasso. O dinheiro não é mais uma preocupação e ele optou pelo mais conveniente, vai se divertir no trabalho ao lado dos amigos e isso pode até dar certo e pode lhe render o título. Mas se não for possível daqui a cinco anos ele faz uma nova tentativa. (Fotos: Brian Snyder/Reuters e ZumaPress via PicApp)

4 comentários:

ELE JOGA MUITO!
Depois add o meu blog na suas listas de blogs?
blz?
http://blogfutebolbonito.blogspot.com/

Nem vi, meu blog esta aki.
na sua lista!

FilipeJMS disse...

Ele pensou no lado profissional, não deixou o $$ falar mais alto, mas isso não quer dizer q ele vá ser mal remunerado pelo Miami né?

Net Esportes disse...

@Felipe: Serão U$ 110 milhões por 6 temporadas .... U$ 15 milhões a menos por ano do que ele ganhava. Ele pode ter aumento de 10% e ainda pode encerrar o contrato a partir de 2014.