Mais um recorde de Phelps

10:58 Net Esportes 2 Comments

Swimmer Michael Phelps swims to a victory in the Men's 200m Butterfly at the U.S. National Swimming Championships in Irvine, California August 4, 2010.  REUTERS/Mike Blake (UNITED STATES - Tags: SPORT SWIMMING)
Nascida no ano de 1963, a nadadora norte-americana Tracy Caulkins era considerada uma das melhores de todos os tempos devido à sua versatilidade para competir em praticamente todas os tipos de provas. Seus resultados expressivos só a faziam ficar ainda mais cotada para faturar muitas medalhas de ouro nas Olimpíadas de Moscou 1980. Mas esse era justamente o problema, os Jogos Olímpicos seríam na Rússia em plena Guerra Fria e os Estados Unidos boicotaram o evento. Paciência e espera por quatro ano até as Olimpíadas de Los Angeles 1984, agora sim competindo em casa e pronta para brilhar, ou pelo menos salvar a carreira que teve seu auge em 1978 e 1979. No solo americano Caulkins levou três ouros, nos 200 m medley, 400 m medley e revezamento 4x100 m medley.

Cinco de ouro, uma de prata e duas de bronze em Campeonatos Mundiais e mais seis de ouro e três de prata no Pan-Americano. A carreira fantástica de Tracy Caulkins era ainda marcada por um outro feito que durou muitos e muitos anos, possuir o recorde de 48 vitórias em Campeonatos Nacionais de Natação. O tempo passou e com a chegada de um outro fenômeno das piscinas especializado em diversas provas também ficava difícil imaginar que esse feito nunca acabasse sendo superado. Hoje com 47 anos Caulkins deve até ter aplaudido Michael Phelps na noite de ontem, o maior nadador do mundo venceu os 200m livres e os 200m borboleta em um período de tempo menor do que uma hora entre uma prova e outra, chegando à 49 vitórias em Campeonatos Nacionais de Natação nos Estados Unidos.

Extenuado e quase sem fôlego, assim Michael Phelps sai da piscina após superar a já lendária Tracy Caulkins. O seu tempo nos 200m borboleta foi de 1min56s cravados, bem acima do seu próprio recorde mundial que é de 1min51s51. Antes nos 200m livres ele pelo menos havia feito o melhor tempo do ano, 1min45s61, mas que também ajudam em sua insatisfação por estarem bem acima de sua melhor marca. A resposta para os tempos ruins apesar de virem com vitórias é que acabou a fase dos supermaiôs, a tecnologia que mudou a natação nos últimos anos foi banida porque ela melhorava a cada dia de uma forma muito rápida que fazia com que a quebra dos recordes ficasse totalmente banalizada, agora todos os nadadores terão que se superar na raça e parece que Michael Phelps já começou a fazer isso.
IRVINE, CA - 4 de Agosto: Michael Phelps se prepara para nadar os 200m livres no campeonato nacional de natação em 4 de agosto, 2010 em Irvine, California. (Photo by Harry How/Getty Images)
Preocupado por não ter encontrado as braçadas certas nos 200m borboleta, prova que Phelps não perde desde 2002, o nadador se mostrava muito mais feliz e confiante depois que havia igualado o recorde de Tracy Caulkins cerca de uma hora antes. Ele superou o rival Ryan Lochte e aproveitou a ocasião para elogiar o compatriota. Outro fator considerável nas dificuldades encontrada além de não ter o supermaiô foi a parada que fez após o Campeonato Mundial de Roma do ano passado, segundo Bob Bowman, seu mentor que o acompanha desde que ele tinha 12 anos, a parada foi benéfica pois Phelps se dedicava à natação durante 24 horas do seu dia, e se continuasse assim jamais chegaria inteiro no Jogos de 2012. As Olimpíadas são seu grande objetivo mas o Campeonato Nacional ainda segue, ele nadará outras três provas e talvez deixe Tracy ainda mais para trás. (Fotos: Mike Blake/Reuters e Harry How/Getty Images via PicApp)

2 comentários:

Ron Groo disse...

E quem poderá deter o aquaman?

Nossa gosto muito do Michael Phelps,mas tenho que confessar que meu nadador preferido é o Ryan Lochte acho ele mais humilde e mais atencioso com o publico,mas não tiro os méritos do phelps ele é demais.