Alguns fatos que marcaram a Copa de 2014

13:08 Net Esportes 3 Comments

Não teve vuvuzela, e a caxirola ainda foi proibida pela FIFA. Não teve um nova Larissa Riquelme, apesar das muitas belas mulheres nos estádios. Não teve o Maradona de terno ao lado do gramado, mesmo que outros comandantes de seleções chamassem alguma atenção. Não teve jabulani, alguns nem se lembram que a nossa bola se chamava brazuca. Não teve Polvo Paul, pois nenhum dos seus mais de mil plagiadores emplacou. Não teve nenhum fato realmente marcante na Copa do Mundo de 2014, talveaz por isso a lenda de pé frio do Mick Jagger teve de ser revivida mais uma vez. Mesmo assim, pelo menos dentro de campo, a Copa no Brasil pode ser lembrado por alguns acontecimentos que jamais serão esquecidos.

1. Tetra 24 anos depois
As coincidências fazem parte da vida. Elas só são lembradas quando acontecem de forma precisa, mas quando isso acontece é realmente incrível. Em 1994 o Brasil conquistou o tetra exatos 24 anos após ter sido tricampeão. Em 2006 foi a vez da Itália ser tetra, e foram exatos 24 anos depois do tri. Agora em 2014 faziam exatos 24 anos que a Alemanha havia sido tri, em 1990. Já era coincidência demais enfrentarem a Argentina final novamente, como também havia sido em 1986. E a história se repetiu, Alemanha tetra 24 anos depois de ter sido tri. Um título muito merecido.

2. Goleadas
Parecia uma exclusividade da Fonte Nova, em Salvador. A Holanda surpreendeu a campeão Espanha com uma goleada de 5 a 1. Depois a França massacrou a Suiça por 5 a 2, e poderia ter sido 6 a 2 se o juiz não apitasse o fim da partida. Depois a Alemanha fez 4 a 0 em Portugal e a festa dos gols na capital baiana terminou. Só que as goleadas na Copa de 2014 não, pois em Belo Horizonte o Brasil foi simplesmente massacrado pela Alemanha. Derrota por 7 a 1 e vexame histórico, um fato tão marcante que será lembrado para sempre.

3. Dinheiro para Gana
Os jogadores de Gana simplesmente ameaçaram não entrar em campo se os seus salários não fossem pagos. Eles queriam dinheiro e o dinheiro veio, de avião. Nada de depositar na conta, transferência via PayPal ou pagamento a alguém próximo em seu país. Nada disso, o dinheiro teve que vir de avião, literalmente, carregado, escoltado, protegido e entregue em mãos aos jogadores em uma cena bizarra e marcante na Copa. Com tudo acertado eles foram para o jogo, e perderam.

4. Luis Suárez
A mordida de Suárez no italiano Chiellini talvez sem dúvida foi um dos fatos mais marcantes da Copa de 2014. Rendeu suspensão ao jogador, piadas na Internet e até pessoas ganhando dinheiro por terem apostado em um acontecimento tão inusitado, apesar de não ter sido inédito para o jogador uruguaio.

5. Miroslav Klose
Sempre vão dizer que o jogador Klose não é craque de bola, que jamais será como um Cristiano Ronaldo ou um Lionel Messi, ou mesmo um Ronaldo. Mas o jogador alemão é oportunista e sabe marcar gols, marcou nas quatro Copas do Mundo que disputou e se tornou simplesmente o maior artiheiro de toda a história com 16 gols. Marcante sem dúvida alguma.

3 comentários:

Ron Groo disse...

Eu acrescentaria a invasão argentina.
Hoje, dia 16, quarta feira e ainda tem argentino indo embora.

Net Esportes disse...

@Ron Groo: Verdedade Groo, tem razão.

Luiz Paulo Knop disse...

Convivo com a Depressão Pós-Copa dia após dia... tá brabo de esperar 2018... a Copa foi fantástica!

Luiz Paulo Knop
www.resenhaesportiva.com