Ruim ou azarado

11:25 Net Esportes 10 Comments

Ele é ciclista desde 2002, já venceu a Austria National Road Race Champion e foi 3º colocado na Dauphiné Libéré em 2006, porém o austríaco Bernhard Kohl vê motivos para colocar sua técnica à prova na atual adição da tradicional Paris-Nice, onde sofreu nada menos que 3 quedas em 3 etapas.

Kohl passou ileso pelo prólogo, mas logo na 1ª etapa caiu em uma vala, se envolveu em um acidente múltiplo na 2ª etapa e quando menos esperava na 3ª etapa ele escorregou durante uma descida por conta do piso molhado - "Começo a duvidar das minhas habilidades ciclísticas", disse o austríaco que já não sabe se é ruim ou azarado "Eu não pude fazer nada, apenas estava no local errado e na hora errada" concluiu evitando o pior.

A corrida segue até o próximo domingo, na etapa de hoje serão percorridos 176 Km e Bernhard terá a chance de tentar completar a prova sem ir para no chão novamente. No total serão percorridos 1.138 Km, o lídera geral até o momento é o francês Sylvain Chavanel que leva 3 segundos de vantagem sobre Luis León Sánchez, segundo colocado, e 8 para Gorka Verdugo, o terceiro. (Foto: Lionel Cironneau/AP)

- PARIS-NICE

10 comentários:

Debora Ferreira disse...

caiu numa vala ? acidente múltiplo ?
HAHAHAAH esse aí é mais azarado - ou desastrado - que eu !hehehehhe

eu admiro os ciclistas viu !tem que gostar MUUITO de pedalar pra ficar horas sentado, malhando, embaixo de sol e chuva... hehehehhe

Li Florencio disse...

Azarado coitado uihsihisihush!

Thiago Almeida disse...

Nossa! Com certeza é azar!!! E que azar, diga-se de passagem!!! rsrsrs...

Parabéns pela proposta do blog, Neil!

Abração!

XyBeR disse...

huahuahuauhahua
coitado do cara, deve ser azarado maesmo

Everaldo Ygor disse...

Olá...
Nossa que história...
Para um atleta essas quedas são uma maldição...
Por aqui mais um interessante Post...
Abraços
Everaldo Ygor
http://outrasandancas.blogspot.com/

Lucas Conrado disse...

Sei como ele se sente. Consegui cair de bicicleta numa rua plana de asfalto sem buraco nem nada no caminho. Simplesmente a bicicleta virou para frente como se eu tivesse apertado o freio dianteiro (o que eu não fiz).
As vezes não é questão de ser ruim ou de ser azarado... É uma questão de...
é, é azar mesmo.

ps. Desde que ganhei minha bicicleta nova, a Fernanda, já quase caí várias vezes, mas nunca aconteceu. Amarrei 2 fitinhas no guidom pedindo proteção. Talvez o austríaco deveria fazer o mesmo.

Danilo Damasceno disse...

Cara pelo jeito vai ter que tomar banho de sal grosso!heheh Abração

Vinicius Grissi disse...

No mínimo vai benzer né fera?! Por via das dúvidas...

MaxReinert disse...

huahauhuaa... pois ... um benzimento antes da próxima prova mesmo!!!!

Nossa, que cara azarado! Caiu mais vezes do que eu quando aprendi a andar de bicicleta com sete anos hehehe!

Grande abraço,

Gustavo Coelho