Ano complicado

14:10 Net Esportes 7 Comments

Com 53 títulos na carreira, sendo nada menos que 12 só de Grand Slam, o tenista suiço Roger Federer viveu entre 2004 e 2007 uma fase gloriosa, onde raramente perdia um jogo, porém em 2008 as coisas ficaram complicadas para o número 1 do mundo, em 4 torneios disputados foram 4 derrotas, nenhum título e nenhuma final.

O último revés foi no Master Series de Miami, em Key Biscayne, Florida. O adversário era um velho 'freguês', de quem Federer não perdia desde Agosto de 2003, ninguém menos que Andy Roddick, que estava mais do que disposto à vencer jogando em casa - "Eu joguei sabendo que nunca alguém me venceu 12 vezes seguidas. Tinha isso ao meu lado" afirmou o norte-americano.

De fato ele evitou a 12ª derrota seguida para o suiço, foram 11 triunfos do rival nos últimos 4 anos e meio, sendo várias finais de torneios, e o jogo não foi nada fácil terminando com o placar apertado de 2 sets a 1 (7-6 (4), 4-6 e 6-3), fazendo com Roddick se juntasse a Novak Djokovic, que venceu Federer no Aberto da Austrália, Andy Murray que saiu vencedor na estréia em Dubai e Mardy Fish, que triunfou sobre o suiço no Masters de Indian Wells.

Mesmo perdendo mais do que o normal, Federer tem disputado os jogos de maneira muito competitiva, o que mostra que o tenista talvez esteja finalmente no nível dos demais, e não acima da média. Em 2008 foram 11 vitórias e 4 derrotas, para se ter uma idéia, em 2006 ele perdeu 5 e em 2005 apenas 4. As chances de ultrapassar ou igualar Sampras em número de Grand Slam continuam, e de se recuperar na temporada também, mas a má fase do suiço começa a abrir espaço para o espanhol Rafael Nadal, que está classificado para a semifinal em Miami e se aproxima cada vez mais do topo do ranking. (Foto: /Getty Images)

- MASTERS DE MIAMI

7 comentários:

Debora Ferreira disse...

esse Federer joga demaais viu, que isso ! bom, pelo menos jogava, ou parecia....
ah seei lá !
boa sorte pra ele !

Fabio Bustamante disse...

e uma pena q esse ano nao seja bom pra ele, a tao pouco tempo ganhava tudo...

quer uma troca de links?

www.futebolediscussoes.blogspot.com

Marcus Vinicius disse...

cara má faze e a pior coisa mais ele eh muito bom e vai superar isso!

Dizem que ele está privilegiando a preparação para Roland Garros e, por isso, não está tão bem nesse início de ano.

abs

Daniel Leite disse...

Ninguém ganha tudo o tempo todo. É natural esta queda, como acontece no futebol, por exemplo, com o instável Barcelona. Mas, acredito, ele voltará!

Até mais!
http://pordentrodomundodabola.blogspot.com/

Todo grande campeão passa por uma má fase dessas em algum momento da carreira. Acredito que o Federer não demora muito para voltar ao topo...

Grande abraço!

Gustavo Coelho

Priscilla Bar disse...

É normal ter uma fase assim.Ninguém consegue se manter a tao bom nível por tanto tempo...mas seria boa uma briguinha Federer-Nadal-Djokovic pra ser o nº1.