Guerreira Natália

17:12 Net Esportes 3 Comments

O quarto lugar em Atenas 2004 e o vice no Pan do Rio 2007 estavam totalmente entalados na garganta, mas a guerreira Natália Falavigna nunca se abateu e insistiu nos treinamentos, na dedicação e na sua grande força interior, voltou às Olimpíadas em Pequim 2008 e com méritos ganhou sua medalha, de bronze, a primeira do Brasil no Taekwondo em toda a história.

Aos contrário do choro de tristeza dessa fez o que se viu foi um choro de emoção, poucos segundos antes de acabar a luta contra a sueca Karolina Kedzierska, Natália já sentia a emoção da conquista, a única derrota em toda a competição veio com uma decisão dos juízes, depois de ter empatado com a norueguesa Nina Solheim na semifinal.

Solheim acabou perdendo para a mexicana Maria del Rosario Espinoza, na grande decisão da categoria até 67 Kg, era a chance de Falavigna devolver a derrota que havia sofrido no Rio de Janeiro durante o Pan, mas a medalha de bronze já foi considerada uma grande conquista para a atleta que começou no esporte ao 14 anos de idade e jamais desistiu de seu grande sonho, a medalha olímpica.

Coincidentemente a primeira medalha do Brasil no Taekwondo veio no mesmo local onde foram disputadas as competições do judô, e que trouxe a primeira medalha em esportes individuais femininos do Brasil com Ketleyn Quadros, em uma Olimpíada com grandes conquistas para mulheres brasileiras, que levaram também ouro no vôlei e salto em distância, prata no futebol e mais um bronze, na vela com Fernanda Oliveira e sua companheira Isabel Swan. (Foto: Getty Images)

-
PEQUIM 2008

3 comentários:

Parabéns a natalia os atletas realmente merecem mais reconhecimento não só em época de olimpiadas

Como sempre belos posts, e eu gostaria de tambem avisar que o grupo GSV ( Grupo Saber Viver ) voltou a atualizar o blog que agora esta de cara nova, aviso especial para pessoas especiais. Abraços do grupo GSV

eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee tkd NA FITA,..aii eu sabia q ia trazer medalha!! Viva o Tkd, Viva Natália uu que alegria rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs....nós taekwondistas precisamos de incentivos, patrocinos e tudo mais...e agora com esta medalha vai ajuda nosso esporte muitoo!!!

Amanha tem tricolor na tv
é noiiiiiiiiiiiiissss!!

=D

Leandrus disse...

Mentira, a Sãopaulina era mó corneta da Natália, rs.

Torci muito para ela, já que eu estava presente no Riocentro quando ela perdeu para a mexicana no Pan 2007. Que bom que ela conseguiu uma medalha que pode alavancar o desenvolvimento da modalidade no Brasil.