Para todos por um

14:05 Net Esportes 17 Comments

O presidente dos EUA recebeu hoje a delegação norte-americana olímpica e paraolímpica para homenageá-los. Com os homens trajados de vermelho e as mulheres de azul marinho, posaram para fotos e alguns até visitaram a Casa Branca, George W. Bush exaltou os atletas com certo exagero, mesmo porque talvez só o seu principal nadador realmente merecesse tais elogios.

Com o discurso de que "Essa foi como nunca as melhores equipes olímpica e paraolímpica que o país já formou", Bush esqueceu o fato de que o país ficou em segundo nas Olimpíadas e em terceiro nas Paraolimpíadas, o mandatário talvez estivesse falando para todos por um, o nadador Michael Phelps, o qual fez questão de cumprimentar e conversar.

Phelps, que em meio aos mais de 400 atletas ficou bem atrás de Bush enquanto este discursava, foi um dos que passeou pela Casa Branca após as homenagens, o nadador foi disparado o melhor atleta em Pequim 2008, se tornou o maior medalhista de ouro em uma mesma Olimpíada com oito, e o maior medalhista de ouro da história com 14.

Claro que muitos outros atletas dos EUA, como as ginastas Nastia Liukin e Shawn Johnson, que também estiveram na cerimônia, merecem muitos elogios, mas se Phelps estivesse lá sozinho representando todos não sería tão absurdo quanto as palavras do presidente. (Foto: Jonathan Ernst/Getty Images)

17 comentários:

Bruno disse...

Cara, acho o Bush bizarro.

Alexandre Silva disse...

Mais uma da série "Bush só fala merda". Tá certo que tem vários bons aí mas "A Melhor" geração tb já é demais. No atletismo que se esperava muito erros infantis tiraram o ouro do revesamento, sem contar que Bolt e Powell colocaram os Yankees no bolso. Só Phelps mesmo que foi o fodão. Melhor geração é aquela que reúne o maior nº de gênios, e de gênio nessa só tem Phelps.
Coitado do Bush...
Abraço
http://falandoprasparedes.blogspot.com

PequenAprendiz disse...

Liga não. Ele já fez o que tinha pra fazer e ainda bem que as pessoas acordaram quanto ao presidente Bush.

http://pequen4prendiz.blogspot.com/

mano maya kosha disse...

tipicamente americano o fato ...apesar de ser louvável o fato de todos os americanos juntos, da olimpíada e paraolimpíada serem homenageados juntos ..

"homens trajados de vermelho e as mulheres de azul marinho"

Acho que se ele dissesse q os homossexuais deveriam verstir branco
pouquissimas pessoas apareceriam de vermelho e azul
=p

Passa la!

http://nadacultural.blogspot.com/

Bush é Bush ... será lembrado pelos micos ditos.

os americanos levam a sério a questão do marketing...

Michell Niero disse...

É o velho ranço do Vienã ainda no discurso de quem não sabe perder.

Muito embora a gente deva ser cético em relação os métodos nada humanitários de preparação de atletas na China, foi bom ver os EUA perderem sua hegemonia no esporte. É uma nação decadente economicamente, problema que reflete diretamente na performance de seus esportistas.

Quer dizer, menos de Michael Phelps.

Veiga disse...

o investimento q eles fazem eh bizarro...

comparado com o Brasil...

Felipe disse...

Muita mafia neh? Mas eu acho que pelo menos todos deveriam ter uma homenagem igualmente. Idaí que o Phelps foi o melhor? Todo o resto são americanos também...

www.curiosomundodoscuriosos.blogspot.com

Buscando parcerias!

Luly disse...

Os EUA sempre detonam nas olimpíadas... não deixam nem um pedacinho pro Brasil... =/

peninha.

se eu fosse o Bush, tb teria orgulho.

http://rosas-inglesas.blogspot.com/

Girls Wireless disse...

É uma coisa seria, nunca vir um pais ter tantas brigas...
"concorrencia" melhor dizer

Wander Veroni disse...

Eu detesto o Bush. Até admiro o Phelps como atleta, mas pelo que já li ele tá se achando d+.

Abraço,

=]

-------------------
http://cafecomnoticias.blogspot.com

Daniel Leite disse...

G W Bush é um fanfarrão. Não é clichê, é verdade. Mas, neste caso, creio que as intenções passam pelo resgate e pela exaltação aos atletas, que ficaram em segundo plano, sob a China. Mas Phelps é o símbolo do que os EUA querem ser em termos esportivos. Deveria ter recebido maior destaque.

Até mais!

Leandrus disse...

Hehehe, coisas de Bush! Isso é que dá ter sempre um discurso clichê, sem nem mesmo pesquisar ou saber sobre o assunto...

Fábio Andrade disse...

"Propaganda é a alma do negócio"

É mais ou menos isso que o Bush tentou fazer. Uma propaganda enganosa dessa delegação enviada à China. O baque de não ganhar a Olimpíada foi tão grande que os meios de comunicação americanos até mudaram de concepção: se antes ganhava os jogos quem saísse com mais ouros, agora vence quem conquista mais medalhas no geral.

A delegação de 2008 é mediana, exceto, claro, Phelps. E cá pra nós: mesmo não gostando de alimentar qualquer sentimento anti-americano, foi muito bom vê-los tendo que engolir essa.

Filipe Araújo disse...

será que ele fez questão de mandar a célebre "nunca antes na história desse país"? do nosso amigo brasuca... jeje

Abrazo!

http://gambetas.blogspot.com