Histórias do Boxe II

14:38 Net Esportes 6 Comments

Os EUA pararam no dia 8 de Março de 1971 para acompanhar um dos maiores acontecimentos do esporte, manifestações violentas em várias cidades e um esquema especial de segurança armado dentro e fora do Madison Square Garden, em Nova York. Das 700 credenciais de imprensa solicitadas, 500 foram negadas, havia celebridades por toda parte, Frank Sinatra era um fotógrafo, ninguém queria perder aquela que foi considerada 'A luta do Século'.

Para o ator Burt Lancaster, contratado como comentarista da NBC, estavam frente a frente um tanque Sherman e um “estilista em decadência”, o primeiro era o então campeão mundial Joe Frazier, na sua melhor forma, o outro era Muhammad Ali, ex-campeão, que se recusou a prestar o serviço militar e lutar no Vietnã, e acabara de ter sua licença para lutar revista, em jogo uma bolsa recorde de U$ 2,5 milhões.

Parado desde 1967, Ali fez apenas duas lutas em 1970, era o símbolo anti-americano dos conservadores e muitos o viam como um vietnamita do norte, onde mesmo começando bem o combate, acabou perdendo força, sendo vítma dos ganchos de Frazier e ficando preso nas cordas várias vezes, o resultado acabou sendo uma vitória unânime dos juízes para Joe Frazier, que se tornou o primeiro boxeador à derrubar Muhammad Ali, em um sentimento de revanche norte-americano após a derrota no Vietnã.

Houve quem citasse a CIA e até fizesse acusações de que medicamentos foram colocados na Coca-Cola que Ali bebera antes da luta, mas a verdade é que o maior pugilista de todos os tempos exitou em se preparar melhor, em esperar o melhor momento para enfrentar Frazier, o qual acabou vencendo em outras duas revanches, 1974 e 1975, mas nunca se esquecerá da sua primeira de cinco derrotas, para um Frazier que acabou sendo jogado no lixo, depois de todo um simbolismo armado por causa de um Guerra. (Foto: Arquivo)

6 comentários:

rosangela disse...

Eu gostava muito de assisit boxe quando tinha luta do Tayson.. vi pouca coisa sobre boxe ...mas sei um pouco mais .. rsrs

Gostei muito ..

Abç.

Sophia disse...

box eh a para mais loka q eu jah vi o.O
ME amarro :D

Leandrus disse...

Grande história, como sempre! Agora o boxe perdeu um pouco da sua força aqui; lembro que vendo umas fitas de vídeo antigas da minha mãe, sempre tinha algum trecho anunciando uma luta na Globo ou até mesmo os momentos antes da luta. Vai ver se tem isso agora...

Loucos por F-1 disse...

Excelente post!!

Ali foi o maior neste grande esporte, que é o boxe. O filme estrelado por Will Smith retrata bem a história do lutador.

Abraços!

Leandro Montianele

Daniel Leite disse...

Aprecio muito as histórias esportivas relacionadas a fatos importantes da humanidade. De todo modo, tenho a imagem de Ali como o melhor boxeador de todos os tempos, um cara extremamente competente em sua época.

Até mais!

@Leandrus: uma pena mesmo não ter mais boxe na TB aberta.

@Montianele: Pra minha grande tristeza ainda não tive a oportunidade de ver esse filme !!!

@Daniel: Sem dúvidas, pretendo fazer em futuro próximo a história das duas lutas que o Ali ganhou do Frazier.