Histórias do Futebol II

10:57 Net Esportes 9 Comments

Em 1905 surgiu a idéia de realizar uma competição de futebol entre Seleções de todo o Mundo, mas ninguém se interessou, a Copa do Mundo então só começou a virar uma realidade em 1921 quando o francês Jules Rimet assumiu a presidência da FIFA, mas com muitos países ainda se recuperando da Primeira Guerra Mundial, o projeto acabou ficando na gaveta até 1929, quando enfim foi decidido o local do primeiro Mundial de Futebol.

Com dois títulos olímpicos, o Uruguai acabou sendo a sede e se comprometeu em ajudar a FIFA nas despesas de todos os países, porém com a crise financeiras mundial, somente quatro seleções da Europa atravessaram o Oceano: França, Bélgica, Jugoslávia e Roménia. O país construiu o estádio Centenário com capacidade para 100 mil pessoas, o nome foi uma homenagem para as comemorações do centenário da independência do Uruguai.

Lucien Laurent, da França, foi o primeiro jogador a marcar um gol, mas seu time não foi muito longe ficando em terceiro lugar no Grupo 1, assim como o Brasil que em dois jogos ganhou um e perdeu o outro, para a Iugoslávia por 2 a 1, país que foi à semifinal e acabou superado pelos anfitriões por 6 a 1, ironicamente o mesmo placar do outro jogo que definiu a final, vencido pela Argentina contra um surpreendente Estados Unidos.

Com milhares de torcedores argentinos vindo pelo Rio Prata, o governo uruguaio colocou cerca de 10 mil policias nas ruas de Montevidéu, o público no estádio era de 93 mil pessoas e antes do inicio da partida decisiva já surgia uma grande polêmica, pois cada país queria usar sua própria bola, o árbitro belga John Langenus então tomou uma decisão, bola argentina no primeiro tempo e uruguaia no segundo.

Assim a Argentina marcou 2 a 1 no primeiro tempo com gols de Peucelle e Guillermo Stábile, sendo o segundo o artilheiro da competição com oito gols, mas na segunda etapa a bola era da equipe celeste, que passou a mandar no jogo, balançando as redes com Pedro Cea, Iriarte e Héctor Castro, decretanto o placar de 4 a 2 e faturando a primeira Copa do Mundo de todos tempos, tendo a honra de ser o primeiro país a levantar a taça que foi chamada de a "Deusa de Asas de Ouro", no dia seguinte o país parou literalmente, e o governo declarou feriado nacional. (Foto: Arquivo)

9 comentários:

Fábio Andrade disse...

Olhe, rapaz, dessas eu não sabia.

Belas curiosidades!

Marcos Garcia disse...

O uruguai era um time praticamente imbátivel naquela época, muitos deles dizem ser tetracampeão do mundo, por ainda não ter Copa do Mundo no periodo em que a Celeste Olímpica conquistou duas medalhas de ouro.

Um post muito legal,

Parabéns

flw

http://blogs.abril.com.br/classeaesportes

Daniel Leite disse...

É estranho pensar que um país microscópico como o Uruguai é bicampeão do mundo. Digamos que a seleção foi beneficiada pela precariedade dos outros times da época. Ganhando Olimpíadas e Copas, a Celeste já está marcada na História.

Até mais!

Caio Rudá disse...

Hoje eu sei por que diabos a FIFA escolheu o Uruguai para sediar a Copa do Mundo. Antes era tão mistério quanto eles terem derrotado o Brasil em 50.

Arthur Virgílio disse...

Esse blog é um almanaque do esporte.

Alexandre Silva disse...

O futebol uruguaio é tipo o basquete brasileiro, teve uma época áurea, campeão do mundo e tudo mais e hoje é apenas mais um na imensidão do mundo... não figura mais entre os melhores, não mete medo em ninguém... como as coisas mudam!
Essa foto ficou mto bacana. Ganhou um ar bastante vivo. Quem restarou ela merece os parabéns...
Abraço
htp://falandoprasparedes.blogspot.com

Leandrus disse...

É, eu também não sabia dessa história toda...legal mesmo!

E 100 mil policiais??!?!?!

Net Esportes disse...

@Leandrus: ôpa, um zero a mais !!!!! já corrigi o erro Leandro, obrigado !!!!!!!!

Vinicius Grissi disse...

Pena que em pouco tempo Uruguai entrou numa decadência que continua até hoje...