Histórias do Golfe II

14:48 Net Esportes 2 Comments

Ele foi o grande criador das Knickerbockers, uma tipo de calça especial para se jogar golfe que é presa um pouco abaixo dos joelhos, mas acima da cintura usava uma desconfortável camisa e gravata com um paletó abotoado, esse era o britânico Harry Vardon, primeiro grande pop star do golfe que marcou seu nome na virada dos Séculos 19 a 20.

Jardineiro, Vardon começou a jogar muito tarde, já com 20 anos e incentivado pelo irmão mais velho, inciou como caddie, mas logo foi ganhando espaço pelos seus fortes e precisos drives. Percursor, acabou criando um novo grip, forma de segurar o taco, que ficou conhecida como overlapping (sobreposição das mãos), técnica que hoje é usada por 90% dos jogadores.

No total Harry Vardon faturou nada menos que 62 títulos no golfe profissional, incluindo o Aberto da Alemanha de golfe em 1911 e o British PGA Championship Matchplay, em 1912, já em 1900 ele levou o U.S. Open nos EUA, porém suas grandes conquistas foram em seu país, onde conquistou seis taças do British Open, 1896, 1898, 1899, 1903, 1911 e 1914, um recorde que permanece até hoje.

Vardon foi considerado o 13º melhor golfista de todos os tempos pela Golf Digest e entrou para o Hall da Fama em 1974, brilhou em diversos campos e ficou conhecido como o Grande Triunvirato do esporte em seu tempo, acabou falecendo em 1937 vítima da tuberculose, deixou saudades pelo Mundo, principalmente em Jersey, sua cidade natal, que acabou construindo uma estátua para homenageá-lo, merecidamente. (Foto: Arquivo)

2 comentários:

Leandrus disse...

Esse não tinha para escolher no Mario Golf, hehehe

E parece mesmo ter sido muito importante para o golfe. Foi precursor de coisas importantes e marcou época no esporte. E é mais uma coisa que eu nem saberia se não lesse aqui, rs

Daniel Leite disse...

Poxa, o cara era jardineiro! Isso prova que a convivência com determinado ambiente torna a pessoa especialista em algo que esteja envolvido com tal espaço.

Agora entendo a paródia dos economistas, que diz que Tiger Woods não deve cortar a grama de sua casa, EMBORA O FAÇA COM MUITA COMPETÊNCIA. É mais vantajoso ele ir treinar ou gravar um comercial, ganhando US$10 mil, delegando a tarefa para outra pessoa. Terá sido, então, Woods um bom jardineiro como Harry Vardon?

Até mais!