Voltou tudo ao normal

10:54 Net Esportes 3 Comments

Quando em 2007, a equipe do Milan venceu o Boca Juniors na final do Mundial de Clubes pelo placar de 4 a 2, as coisas de certa forma estavam fora do comum, já que nas duas edições anteriores onde a competição foi organizada pela FIFA, o placar terminou sempre 1 a 0, fato que voltou a acontecer na grande decisão deste ano.

Antes do início da disputa a condição do Manchester United era de favoritíssimo, mas a brava e valente equipe da LDU, campeã da Libertadores da América, tratou de mudar essa história e colocou o time inglês como mero favorito e tendo que suar muito para faturar o seu segundo título do Mundial de Clubes.

Passar pelo Gamba Osaka, terceiro colocado, na semifinal por 5 a 3 foi de certa forma foi até fácil, assim como a equipe de Quito que não teve dificuldades para superar o Pachuca por 2 a 0, mas no jogo final, tendo inclusive um jogador expulso aos 4min do segundo tempo, o time de Sir. Alex Fergusson sofreu, e só encontrou o gol aos 28min da etapa final, com o melhor jogador da competição, Wayne Rooney.

A conquista corroou um ano perfeito do Manchester United, campeão inglês e da Champions League, uma equipe que no final da partida comemorou timidamente como se simplesmente tivesse cumprido o seu dever, a sua obrigação, mas que na hora de levantar o troféu, sabendo de sua grande importância, extravasou, com uma grande alegria expressada no sorriso de Cristiano Ronaldo, autor do passe do gol decisivo, e que provavelmente será eleito o melhor o jogador de futebol do ano. (Foto: Youshikazu Tsuno/AFP)

- MUNDIAL DE CLUBES

3 comentários:

Alexandre Silva disse...

Só deu pra acompanhar o segundo tempo, mas udo aquilo que a imprensa em geral falou antes do jogo foi por terra. Pelo jeito, parecia que o Manchester nem precisava entrar em campo. Já era campeão. E o 1 x 0 suado, só veio provar que a LDU tá de parabéns! Antes do mundial, tiveram a ousadia de dizer que a final era Mancheser x Pachuca.
Era esperado, mas claro foi muito mais valorizado e sofrido pros Devils...

Tão de parabéns! 3 maiores títulos da europa na temporada. (Pra mim a Premier League vale mais que as outras ligas nacionais)

Abraço
http://falandoprasparedes.blogspot.com

Daniel Leite disse...

Foi um título mais do que esperado e merecido. Peça por peça, não tem jeito: o United ainda é o melhor conjunto do mundo. Mesmo com a lambança de Vidic, a conquista teria que acontecer, de qualquer maneira. E assim foi feito.

De todo modo, parabéns à Liga Deportiva Universitaria, que mandou bem na Copa do Mundo de Clubes!

Até mais!

Loucos por F-1 disse...

Título merecido do Manchester, mas não foi nada fácil para a equipe de Fergusson. Faltou mais agressividade do time da LDU quanto tinha um jogador a mais.

Destaque para o goleiro veterano Cevallos que cresce nos momentos decisivos, fez uma grande partida.

Abraços!

Leandro Montianele