Kobe e Shaq por um dia

08:37 Net Esportes 9 Comments

O fim de semana que envolve o All-Star Game é recheado de eventos, a cidade de Phoenix literalmente parou para fazer a festa do basquete, em um dos momentos mais inusitados, o superman Dwight Howard não conseguiu repetir o título no duelo de enterradas, perdendo para o kryptonita Nate Robinson, mas o momento mais esperado de todos é o duelo entre Leste e Oeste, e dessa vez com a expectativa do reencontro de uma das maiores duplas que a NBA já viu.

Kobe Bryant e Shaquille O’Neal estiveram jogando juntos em quadra pela última vez em 2002, a dupla que fez sucesso no Los Angeles Lakers ganhou nada menos que três títulos seguidos sob o comando de Phill Jacksson, e o bom e velho técnico estava no comando do Oeste na noite deste domingo, o resultado não poderia ser outro, show em quadra e vitória contra a equipe do Leste por impiedosos 146 e 119.

A Conferência Oeste manteve o revezamento de vitórias com o Leste que vem acontecendo ano a ano desde 2003, e os fãs do melhor basquete do mundo viram Kobe e Shaq, que já trocaram muitas farpas e se separaram por não se darem bem, manterem a paz, trocar abraços e elogios um ao outro, e juntos dar mais um grande espetáculo em quadra e ambos serem escolhidos como MVP´s da partida.

Kobe Bryant terminou com 27 pontos e foi o cestinha do jogo, O´Neal fez 17, com grandes enterradas e 'palhaçadas', entrou em quadra mascarado e levou o público ao delírio, a festa do jogo das estrelas teve ainda grande atuações de outros jogadores LeBron James e Paul Pierce, que aproveitaram a pouca preocupação com a defesa para voarem para as cestas, no intervalo festa de aniversário com bolo verde para Bill Russel, no final alegria para a dupla Kobe e Shaq que estiveram juntos de novo por um dia. (Foto: Jesse D. Garrabrant/Getty Images)

9 comentários:

Leandrus disse...

É, é muito legal ver o show que os jogadores fazem em quadra, mas eu queria ver um pouco mais de defesa naquele jogo. As vezes o jogo parece facil demais e, se não tiver algo realmente engraçado como o Shaq faz em todo jogo (dessa vez foi a bola debaixo das pernas do Howard), tudo começa a ficar repetido sem graça. Pelo menos pra mim...

Shaq, não pare de ir no ASG, pelamordideus!

Alexandre Silva disse...

Cara, qdo eu vi o time do Leste com Lebron, Howard e Iverson eu pensei q ia ser lavada... mas o Shaq jogou demais. Com certeza foi o desequilíbrio pro time do oeste... e foi ótimo ver os 2 em quadra de novo. Me lembro da final de 2000, com Shaq e Kobe enfrentando o Indiana de Reggie Miller. Torci mto pro Indiana, mas era complicado de segurar os 2 juntos, rsrsrs
Abcs
http://falandoprasparedes.blogspot.com

Vinicius Grissi disse...

Mais um fantástico exemplo de marketing das ligas americanas. Enquanto isto, no Brasil, os principais jogos ficam marcados por violência, confusão e mortes. Uma pena!

Ron Groo disse...

Dos jogos americanos por excelencia este é o mais apreciado de todos... E este evento é fantastico sempre.
Ainda me lembro de Jordan, Pipen, Barcley, e um pouquinho do Magic Johnson.
Vi Shaq jogar, e muito pouco do Kobe, mas penso que eles não estão a altur do nome NBA... Mas é coisa de saudosista.

Marcel Jabbour disse...

É o resultado de juntar dois dos maiores jogadores dos últimos tempos da NBA: show garantido.

Se Shaq não tivesse saído do Lakers, seriam vários e vários títulos a mais em Los Angeles.

Valeu o espetáculo!

Abração!

diletra.blogspot.com

Daniel Leite disse...

Shaq roubou a cena, fez graça e produziu um partidaço, mesmo com pouco tempo em quadra. Porém, isso tem uma explicação: o garrafão-fantasma do Leste. Na ausência de Howard e Garnett, não havia rigorosamente ninguém para brigar em torno da cesta. Bosh se contundiu, e ninguém foi maluco de chamar o Kendrick Perkins. Então, Shaq fez a festa!

Obs.: O Chris Paul poderia ter sido o MVP, ainda que Kobe e Shaq tenham chamado a atenção.

Até mais!

alemdacurva disse...

O futebol aqui do Brasil poderia manter as suas estrelas também e ter uma "NBA" aqui, com os seus Shaq e Bryants que vão embora.
A festa deve ter sido muito bonita, fiquei feliz ao saber que os dois voltaram a se falar.

abutre236 disse...

Muito legal essa dupla, fico pensando se um time de basquete com esses dois pedriam fazer frente ao dream team de 92.

Gabriel Messias disse...

Sem duvida o basquete norte ameriacano nao é só um esporte mas sim um show a parte. neste confronto de leste e oeste enquanto o pivo Yao Ming estava em quadra o jogo da seleção do Oeste estava perdido sem aquela quimica, ja com a entrada de Pol Gasol o jogo teve um desenvoltura maior mas sem comparação com a entrade de Shaq junto com Kobe. enquanto os dois permaneceram em quadra juntos o jogo se desenvolveu como tem que ser...

obs: muito bom seu blog vo linkar ele