Histórias do Boxe IV

09:20 Net Esportes 5 Comments

Originalmente marcada para Boston, a luta teve que ser adiada em seis meses e transferida para a pequena Lewiston, no Maine, sorte para o agora desafiante Sonny Liston? nem de longe, o confronto que era uma revanche contra o boxeador campeão mundial conhecido a partir dali como Muhammad Ali, registrou o menor público da história para uma decisão de pesos pesados, e viu também um dos combates mais rápidos de todos os tempos.

Todos tinham Ali engasgado na garanta por não acreditarem que o lutador havia derrubado Liston de maneira contundente em fevereiro de 1964, e pouco mais de um ano depois, precisamente em 25 de maio de 1965, ficaram ainda mais incrédulos quando o combate visto por apenas 2434 durou menos de um minuto, onde Ali derrubou Liston com um nocaute arrasador, raivoso, qu acabou gerando uma das imagens mais marcantes da história do boxe e do esporte.

Fulminante, Muhammad Ali levou o oponente à lona com um golpe conhecido até hoje como "the phantom punch" ou o "golpe fantasma", já que poucos puderam ver de fato como ele acertou Liston, o juiz tentava conter Ali que ficou em pé e de frente ao adversário caído gesticulando e gritando, imagem eternizada pelo fotógrafo Neil Leifer. Em seguida Sonny Liston tentou levantar e continuar, recebeu mais alguns golpes até que em poucos segundos o juiz tratou de encerrar de vez o combate.

Alguns dizem que Liston apostou contra ele mesmo e simulou sua própria derrota para pagar dividas que tinha com a máfia, outros acreditam que ele tinha medo da nação islã, que apoiava totalmente Ali convertido ao islamismo, um ano o depois o próprio lutador afirmou que temia os muçulmanos. De qualquer forma Muhammad Ali venceu mais uma vez, não deixando qualquer dúvida sobre sua superioridade na época, onde venceria outras dez lutas até perder pela primeira vez na carreira em 1971. (Foto: Neil Leifer)

5 comentários:

Vinicius Grissi disse...

Apesar de poucas pessoas, fico imaginando a cara de quem pagou por um ingresso para ver uma luta tão rápida.

Ali era demais, e sofreu com os preconceitos mas soube mostrar seu valor.

Leandrus disse...

Que bela foto e que massacre do Ali! É uma pena que uma lenda do esporte esteja tão debilitado. Confesso que fico triste cada vez que o vejo em suas aparições como no ASG da NBA.

Ateh!

RJ disse...

suposições a parte, Ali tinha realmente um dos braços mais pesados da hitoria do boxe mundial!

um dos melhores de todos os tempos!

abraços

Blog F1 Trulli disse...

muito bom
ri muito com o "golpe fantasma" huahauhauah

ele acertou o cara, + ninguem viu, ninguem sabe como hauahuahua

+ uma lenda do esporte

Abração
http://f1trulli.blogspot.com

Marcel Jabbour disse...

Sou absolutamente fanático pelo Ali. Essa luta, apesar de curta, é sensacional. Indico (se é que você já não leu) a leitura de Ali, o Rei do Mundo (David Remnick).

Conta a infância e a preparação de Ali para essas duas lutas contra o Liston, que projetaram ele para o mundo.

Parabéns pelo post!

Abração

diletra.blogspot.com