Uma vitória ofuscada

13:33 Net Esportes 1 Comments

Não acontecia desde o GP da China do ano passado, o atual campeão da Fórmula 1 Lewis Hamilton cruzou a linha de chegada em primeiro lugar mais uma vez, no GP da Hungria, de uma forma até inesperada apesar de ter dominado todos os treinos livres de sexta-feira, mas o grande retorno do inglês, a volta por cima da McLaren, e até da Ferrari que fez o segundo lugar com Kimi Raikkonen, acabaram ofuscadas por um grave acidente ocorrido no treino oficial.

Um dos principais fatores que contribuíram para a vitória de Hamilton além de sua excelente largada, foi o abandono de Fernando Alonso, o então pole-position teve problemas em sua primeira parada nos boxes, e viu sua roda literalmente sair voando enquanto tentava trazer o carro de volta, por sorte a roda acabou não atingindo ninguém, muito menos nenhum carro que pudesse vir logo atrás, mas o mesmo não se pode dizer de uma mola que soltou do carro de Rubens Barrichello, e que atingiu justamente o carro de Felipe Massa.

Se tivesse atingindo o carro de fato, talvez nenhum problema mais grave pudesse ter ocorrido, mas a peça do carro da Brawn foi parar bem no capacete de Massa, como se não bastasse a falta de sorte do brasileiro nesse caso, o objeto atingiu bem na viseira do capacete, a destruindo e causando sérios danos na face de Felipe, que teve problemas no seu crânio, a principio afetando levemente o cérebro, e podendo até ter causado danos à visão, que pode levá-lo a não poder correr nunca mais.

A Renault será punida pela roda que voou na pista, quem sabe a Brawn também seja punida pela mola que também voou um dia antes, Rubinho sem qualquer culpa foi apenas o décimo, estava abalado com o ocorrido, já Button conseguiu a sétima colocação, mais alguns pontinhos para manter a liderança, que com a decadência eminente de sua equipe já está ameaçada, Mark Webber foi o terceiro e já começa a sonha com o título, em um campeonato que começou com uma grande reviravolta, e pode terminar com uma outra maior ainda. (Foto: EFE)

1 comentários:

Alexandre Silva disse...

Sempre culpa do Barrichello, rsrs... mas falando sério, chega a ser inacreditável esse acidente. Uma coisa voando assim do nada. Sorte que ele vai ficar bem, torçamos pra isso...
Cara, que TOSCO isso da Renault! Nunca vi isso antes. Deviam mandar aqles mecanicos embora... rsrsrs

O legal dessa temporada, como eu já disse, é o equilíbrio. Há qto tempo não víamos corridas imprevisíveis como tão sendo agora

Abraço
http://falandoprasparedes.blogspot.com