Histórias do Ciclismo VI

09:05 Net Esportes 1 Comments

Na maior competição de ciclismo do mundo, o que não falta certamente são as grandes e belas histórias de superação ao longo dos mais de 100 anos de disputas, O Tour de France já emocionou, já viu grandes brigas, grandes vencedores e vitórias espetaculares, como a de 1989, onde o norte-americano Greg LeMond conseguiu na última etapa, um contra-relógio, superar o rival Laurent Fignon por apenas oito segundos para ser campeão, com o detalhe de que tinha 50 segundos de desvantagem antes do desafio derradeiro.

Alguns dizem, até mesmo grandes campeões como o espanhol Miguel Induráin, que o Tour de 1989 foi o maior de todos que já existiu, ninguém jamais havia feito e talvez ninguém jamais fará o que Greg fez naquele último dia, o ciclista que se tornou o primeiro grande nome dos EUA na maior prova de ciclismo do Mundo, já havia se consagrado alguns anos antes, quando venceu a competição em 1986, mas o título de 1989, que foi seguido por um bi-campeonato em 1990, correu risco de nunca ter acontecido.

A tragédia aconteceu de forma estúpida durante uma caçada na Califórnia, LeMond foi atingido nas costas por um tiro disparado pelo próprio cunhado, em abril de 1987, ficou debilitado fisicamente e abalado psicologicamente. O mundo alguns anos mais tarde conheceria a força de superação de Lance Armstrong que derrotou o câncer para ser um dos maiores ciclistas de todos os tempos, mas alguns anos antes havia presenciado outra volta por cima no esporte das duas rodas, Greg LeMond se recuperou para vencer outra vez a prova que mais gostava, sua história não havia acabado.

Terceiro colocado no ano de estréia, vice-campeão no ano seguinte porque foi obrigado a ajudar Bernard Hinault, mais um ano e o troco no francês o colocando em segundo quando triunfou pela primeira vez, quem sabe não faria uma sequência se não fosse o acidente, mas mesmo assim com mais duas taças e principalmente a épica e inesquecível vitória de 1989 lhe garantira algumas alegrias a mais antes de encerrar a carreira em 1994, provando que no esporte um esforço maior para completar os seus sonhos e objetivos sempre tem uma grande recompensa. (Foto: Arquivo)

1 comentários:

Vinicius Grissi disse...

Bela volta por cima. Aliás, parece a sina dos ciclistas vencerem as dificuldades.