Aquela velha mágica

08:45 Net Esportes 4 Comments

O estádio Metrodome estava mais uma vez completamente lotado, os torcedores do Minnesota Vikings renovaram esse ano as suas esperanças de conquistar o título que não vem desde o ano de 1969, e o principal motivo de tanto entusiasmo tem nome, um nome muito conhecido na NFL, um nome que já fez história atuando por tantos anos em uma equipe considerada até como a maior rival da história, o Green Bay Packers, que ocupando o segundo lugar da Divisão Norte da Conferência Nacional deve estar sentindo muitas saudades do veterano quarterback Brett Favre.
San Francisco 49ers v Minnesota Vikings
Sidney Rice recebe um passe preciso de Favre e abre o placar, em seguida Ryan Longwell conecta dois field goals e as coisas parecem andar muito bem para o Vikings, porém o adversário não é qualquer um, é o San Francisco 49ers, time que tinha duas vitórias nas duas primeiras semanas e é sempre um osso duro de roer, tanto que reage e vira o placar, marca 24 a 20 restando apenas oito minutos de jogo no último quarto, o torcedor que estava eufórico desanima, mas com Brett Favre em campo isso jamais deve acontecer.

Apreensão total nas arquibancadas e concentração máxima do maior quarterback de todos os tempos, ele recebe a bola, procura algum jogador desmarcado, o relógio não para e restam apenas dois segundos de partida, Favre lança e lança muito longe, a bola voa literalmente por 32 jardas sob um silêncio inquietante e olhos arregalados de todos, no limite da end zone Greg Lewis decola para pegar a bola e não largar mais, ele crava o pé esquerdo muito próximo da linha final do campo e toca a ponta do pé direito sendo arrastado pelo marcador, é touchdown, é o touchdown da vitória.

Exausto Brett Favre caiu no chão e por breves momentos só esperou para ver a marcação do juiz, com a confirmação do ponto comemorou como nunca, o time inteiro e todo o estádio festejou como se tivesse conquistado o título de campeão, uma festa incrível para a nova equipe de Favre que viu o velho jogador realizar mais uma vez aquela velha mágica, a mágica de conquistar vitórias incríveis e espetaculares, foi o seu quadragésimo game-winning drive para provar que mesmo cansado ele ainda consegue operar milagres, assim o Vikings chega a três vitórias em três jogos, algo inédito desde os 6-0 de 2003, um sinal de que muito mais surpresas devem vir por aí. (Foto: Genevieve Ross/Getty Images via PicApp)

4 comentários:

Vinicius Grissi disse...

Sigo com minha campanha pra você sortear um destes uniformes aqui no blog! hehehehe
Os leitores merecem.

Ron Groo disse...

E tem gente que insiste em não ver a beleza deste esporte.
São cegos...

Concordo com o vinicius... hehehehehe...

Pra você sortear um destes uniformes aqui no blog! Concerveja os leitores merecem.

Abraçossssss

Net Esportes disse...

@Vinicius e Publicidade Esportiva: sugestão anotadíssima, só falta agora um patrocinador para tal promoção !!!!!!!!!