O Rei das estratégias

10:34 Net Esportes 4 Comments

Não há dúvidas que muitas vezes as estratégias mirabolantes de Ross Brawn já prejudicaram seus pilotos, não dúvidas que um dos que mais sofreu ao longo dos anos foi Rubens Barrichello, pois na época da Ferrari parecia que essa estratégias sempre eram melhores para Michael Schumacher, porém a de se ressaltar que elas já ganharam muitas corridas também, já deram muitas alegrias, e por isso os erros são apagados e esquecidos, e Ross Brawn de uma forma ou de outra deverá sempre ser lembrado como o Rei das estratégias.

F1 Grand Prix of Italy - QualifyingNão tanto como na Bélgica, mas a boa fase da Force India continuou em Monza, na Itália, um dos circuitos mais tradicionais da categoria, Sutil não teve muita sutileza em sua segunda parada nos boxes, mas mesmo assim terminou na quarta colocação, já Liuzzi estava bem, mas o câmbio quebrou e ele abandonou, antes o dele do que o de Rubens Barrichello, que estava ameaçado, poderia ter sido trocado e ele perderia cinco posições no grid, largar em 10º ao invés de 5º seria terrível para a mais nova e não tão mirabolante estratégia de Ross Brawn.

Carro pesado para o treino de classificação e surpresa nas posições conquistas, Button largou logo atrás, a expectativa é de fazer apenas uma parada, e por sorte o único à frente que não faria duas, Kovalaine, erra muito no começo e fica para trás, ironicamente os três que restam são praticamente os únicos em toda a prova a frequentar os boxes mais de uma vez, Rubinho aproveita e pilota de maneira impecável, se mantém à frente do companheiro que lidera o campeonato, vence, e diminui a diferença na briga intensa e interna pelo título tão cobiçado.

Os Tifosi´s invadem a pista como tradicionalmente fazem em seu país, a festa é para Kimi Räikkönen que terminou em terceiro, azar de Lewis Hamilton que ocupava essa posição mas rodou e bateu sozinho na última volta, porém eles podem celebrar o 11º triunfo de Barrichello que já lhes agradou tanto na Fórmula 1, a 3ª vitória em Monza sendo que as outras duas haviam sido justamente pelo time de Maranello, uma época que sofria com Ross Brawn por não ter prioridade, mas revivida finalmente com objetivos de colocá-lo no alto do pódio, mantendo vivas as esperanças de ser finalmente campeão, pois a diferença para Button caiu para 14 pontos, com 40 ainda em disputa. (Foto: Clive Rose/Getty Images via PicApp)

4 comentários:

Loucos por F-1 disse...

Rubens Barrichello sobrou em Monza e venceu com uma ótima estratégia de corrida. Sem dúvidas a opção de uma parada acabou sendo ótima para ambos os pilotos da Brawn GP. Veremos como será a briga pelo campeonato entre Rubinho e Button.

Abraços!

Leandro Montianele

Marcelonso disse...

Ross Brawn é realmente mestre em estratégias,foram poucos que acreditaram como vc na Brawn.

Barrichello mereceu essa vitória pela sua performance hoje,acho até que sua estrela andou subindo.

abraço

Ron Groo disse...

Cara chato, uma corrida onde tem pontos de ultrapassagens a vontade e o cara vai me vencer na estratégia.

Depois me perguntam porque não gosto dele.
Esta aberração de hoje responde.

SERÁ Q O RUBINHO CONSEGUE GANHAR O MUNDIAL? POW ROSS BRAWN É MTO BOM MESMO! MAIS A BRAWN ESSE ANO ESTÁ SOBRANDO E ISSO AJUDA TAMBÉM...

FERRARI E MC LAREM ESTÃO MORTINHAS, MORTINHAS ESSE ANO!!!!

ABRAÇOSSSS