Tudo igual na World Series

09:19 Net Esportes 2 Comments

A.J. Burnett entrou no segundo jogo da World Series extremamente pressionado, afinal na noite anterior o New York Yankees havia sido superado pelo Philadelphia Phillies após a atuação impecável de Cliff Lee, mas a imensa responsabilidade que ele tinha diante das 50 mil pessoas que lotaram o Yankee Stadium era quase a mesma do seu oponente, o dominicano Pedro Martínez e sua peculiar história jogando diante dos maiores campeões de todos os tempos, o destino é cruel, lhe coloca em situações que não gostaria mais de viver, e traz de volta histórias do passado que nunca foram esquecidas.
Philadelphia Phillies Starting Pitcher Pedro Martinez Pitches Against Philadelphia Phillies
Nascido em 1971, Martínez iniciou sua carreira em 1992 no Los Angeles Dodgers, passou pelo Montreal Expos, conhecido hoje como Washington Nationals, e depois foi para o Boston Red Sox, o maior rival do New York Yankees, assim começou a sua sina, que foi a de nunca conseguir vencer o adversário jogando no Yankee Stadium, os jornalistas norte-americanos diante de tamanho tabu não aguentaram e perguntaram ao jogador qual sería o motivo para essa imensa dificuldade, e ele acabou respondendo de maneira bizarra para a alegria do torcedor dizendo - "Eu acho que o Yankees é o meu papai".

Qual sería a intenção de Pedro Martínez ao dizer isso? Será que ele queria jogar no grande rival? Ninguém sabe, e os torcedores não perdoam, todas as vezes que o arremessador está no montinho eles não hesitam e gritam em coro - "Who's your Daddy?", uma expressão norte-americana que é nome de música, filme, série de TV ou simplesmente uma pergunta, Quem é o seu papai? feita para irritar Martínez hoje jogando no Phillies, que parece mesmo se abalar, sofre um home run de Mark Teixeira e outro de Hideki Matsui, o Yankees vira o jogo para 3 a 1 e empata a World Series em 1 a 1.

No primeiro jogo uma chuva fina caiu e Clif Lee fez milagre jogando nove entradas com um recorde de dez strikeouts e nenhum walk cedido, CC Sabathia sofreu e fez um de seus piores jogos da póstemporada, mas viu a recuperação fulminante do seu companheiro A.J. Burnett que venceu pela primeira vez nos playoffs deste ano, com grande ajuda do fechador Mariano Rivera que saiu de uma grande encrenca no final da partida, no que poderia ter sido a reação do atual campeão Philadelphia Phillies, algo que poderia ter salvado a pele do "papai" Martínez, mas que não ocorreu, deixando assim a World Series equilibrada e imprevisível, prevendo muito mais emoções pela frente. (Na foto Martínez em 12 de agosto de 2009:Mark Cowan/Newscom via PicApp)

2 comentários:

Alexandre Silva disse...

Apesar de ainda ñ entender nada de baseball eu continuo torcendo pros Yankees. Eu tentei assistir o 1º jogo na ESPN, e gosto de ver como os americanos amam esse esporte. É mto doido!


Cara, te convido pra vc conhecer meu mais novo blog (em parceria) e se puder relacionar: http://grandesselecoes.blogspot.com/

Sobre Copa e Seleções. Já te coloquei lá
Abraço

Silvano Vianna disse...

Em tempo esta 3x1 Yankees. Sendo que 4º jogo ontem no domingo a noite foi muuuuito bom. A série esta sendo sensacional digna realmente de World Series. A jogada em que o Damon rouba duas bases seguidas na 9º ebtrada foi incrível nunca tinha visto nada igual na vida. Jogão!
Let´s Go Yankees!!!
Let´s go!