Thierry "Maradona" Henry

10:56 Net Esportes 10 Comments

Ele é o primeiro jogador francês a ir para quatro edições de Copa do Mundo em toda a história, ele é Thierry Henry, o carrasco do Brasil no Mundial de 2006, o jogador que já passou por Mônaco, Juventus, fez história no Arsenal e hoje defende o Barcelona, além da Seleção do seu país, a equipe da sua nação onde sempre faz de tudo para ajudá-la, principalmente em uma situação muito difícil, ninguém exita lhe pedir uma força - "Ei Henry, que tal você dar uma mãozinha aqui!!", sem problemas responde ele.
FIFA World Cup 2010 Qualifying Play Off soccer match, Ireland vs France - First Round
Não foi uma 'mãozinha' e sim uma bela de uma 'mãozada', Thierry Henry, grande jogador de futebol Thierry Henry, poderia ser porque não uma das grandes estrelas da NBA, o LeBron James se machucou na noite de ontem, o Allen Iverson abandonou o seu time, se é pra por a mão na bola sería uma boa jogar basquete, vôlei, handebol e tantos outros esportes, mas não futebol, no futebol só o goleiro pode por a mão na bola, mas Henry ignora a regra, evita que a bola vá para a linha de fundo descaradamente com a mão e segue a jogada que resulta em gol, um gol salvador.

O gol de Gallas é mais do que importante, é o gol de empate no jogo da respescagem contra a Irlanda, um gol que garante a França em mais uma Copa do Mundo, um gol totalmente irregular definido pelo grande Thierry "Maradona" Henry como - "Bola na mão", desconsiderando claro todo o movimento que ele faz com a própria mão, menos mal no entanto ele não ter se referido ao lance como a famosa "Mão de Deus", do hoje técnico suspenso da Argentina Maradona, que deve ter rido muito deste fato, mas não vai mais rir tanto se a sua equipe enfrentar os franceses na África do Sul.

Se o Thierry Henry jogasse o Campeonato Brasileiro pelo São Paulo ia sofrer uma enorme punição do STJD, mas a revolta Irlandesa onde muitos chamam o jogador de trapaceiro e hipócrita deve ser em vão, o que esperar da UEFA ou da FIFA que tem em seus comandos o francês Michel Platini e o suiço Joseph Blatter, provavelmente nada, ou um pequeno gancho talvez, mas nunca a anulação do gol ou da partida, muito mais fácil punir o juiz Martin Hansson, que de fato errou feio, mas de longe foi o grande sacana na história toda, restando apenas lamentar, pois a consciência é de cada um. (Foto: Steeve McMay/Cameleon/Newscomm via PicApp)

10 comentários:

Vinicius Grissi disse...

Uma pena que um lance como este tenha decidido a classificação da França.

No fim, até fiquei feliz pela classificação dos franceses. O Mundial é melhor com eles.

Mas que a FIFA precisa abrir o olho logo quanto ao excesso de jogos decididos em erros da arbitragem, isto é fato.

Ron Groo disse...

Por isto gosto tão pouco de futebol...

Silvano Vianna disse...

Vergonhoso isso...quanto ao São Paulo e o STJD no próximo post do Brasileirão 2009 do Pernetas eu vou comentar isso, pode esperar. Pior foi que a ESPN pegou uma entrevista dele no pós jogo e ele dizendo que não fez nada de errado e não tem do que se desculpar. Muito cara de pau.

Marcelonso disse...

Que foi feio isso foi,mas é aquela história se a arbitragem não viu,nada se pode fazer.

Essas seleções que chegam se arrastando,sempre crescem ao longo da competição.

abraço

Patrick Araújo disse...

A BRUXA ESTÁ SOLTA NO FUTEBOL. STJD FORÇANDO A BARRA PRO FLAMENGO SER CAMPEÃO.

ESSE GOL DE MÃO RÍDICULO! A IRLANDA MERECIA SE CLASSIFICAR. TEM MUITO MAIS TIME QUE A FRANÇA. EU DIGO NO CONJUNTO E NÃO NO INDIVIDUAL.

A FOTO MESCLOU BEM COM A SITUAÇÃO DESSE ATACANTE ALA MARADONA. MTO BOM...

ABRAÇOSSSSS

Alexandre Silva disse...

Olha, eu queria muito que a França fosse pra copa... mas não assim. Torço pelos gigantes e acho q todos - assim como foi confirmado - deveriam estar, mas do jeito que foi realmente foi vergonhoso. O jogo seguiria 1 x 0, talvez fosse pros penaltis e a França até vencesse, porém foi essa mão capital que os colocou na copa. Mas antes de acusar e meter o dedo na cara, vamos olhar pra cá...

Imaginem a situação: Brasil x Argentina decidindo uma vaga na final da Copa. Bola cruzada na área e Nilmar ajeita com a mão visivelmente pra L.Fabiano empurrar pro gol. Não seria "A mão de Deus" tb?? Galvão não explodiria a plenos pulmões: "A malandragem e a arte do jogador brasileiro?" Os jornais não estampariam manchetes glorificando a mão? QUALQUER UM faria o mesmo...

Leandrus disse...

Lamentável isso que o Henry fez. Vai ficar marcado para o resto da história, mas negativamente.

Mas o futebol pode punir. No momento, a França é uma seleção que só tem nome e um bando em campo, e com o agravante de ter um treinador medíocre e que escala mal o time. Tem grandes chances de passar vergonha na África do Sul e, dependendo do grupo que pegar, repetir o feito de 2002: não passar da primeira fase da competição.

Ateh!

Bruno Santos disse...

Pior que o Henry não colocou somente a mão na bola. Ele tocou nela duas vezes, sendo que a segunda, a bola foi conduzida. Ele teve o sangue frio de ajeitar a bola para o pé.

Um lance assim deveria ser a última gota para a FIFA rever suas regras de arbitragem.

Filipe Araújo disse...

Se fose argentino, o que ia ter de justiceiro pedindo a cabeça do Henry não está no Gibi! Rolou até uma rima! Que beleza!

Saludos!

http://gambetas.blogspot.com

André Augusto disse...

Apesar do erro crasso, ainda sou contra decidir jogos através de recursos eletrônicos. Talvez o lance de ter auxiliares atrás dos gols pudesse resolver lances dessa natureza. Acho que o chip na bola também seria válido.