Seis torneios, Seis títulos

16:51 Net Esportes 0 Comments

CLUB WORLD FANS
Arrasador, destruidor, absoluto e incontestável, o torcedor do Barcelona pode soltar da garganta um grito de campeão que há muito tempo estava engasgado, o grito de campeão do Mundial de Clubes, um título que passou perto em 1992 quando a equipe foi superada pelo São Paulo Futebol Clube e recentemente em 2006, quando mais uma equipe brasileira, sendo desta vez o Internacional de Porto Alegre, impediu a tão sonhada glória mais uma vez, porém o ano de 2009 estava predestinado para ser o melhor de toda a sua história, um ano onde disputou seis competições, e venceu todas elas.

A Supercopa Européia não veio fácil, 1 a 0 contra o Shakhtar Donetsk na prorrogação, porém a Supercopa da Espanha acabou sendo mais tranquila para equilibrar a balança, 3 a 0 no Athletic Bilbao jogando nos conforto do Camp Nou. O Barcelona em seu ano massacrante levou também o campeonato espanhol, 87 pontos conquistados contra 78 do Real Madrid que ficou em segundo lugar, a equipe que já tinha também o título da Copa Rei da Espanha se tornava o maior time do ano e talvez até da história, pareceia que não perderiam mais nenhuma disputa, assim chegaram na decisão da Champions League.

O sufoco na semifinal quase impediu o feito histórico de se manter vivo, Inisesta marcou nos acréscimos contra o Chelsea, já na grande decisão outro time inglês, mas agora era o atual campeão do mundo Manchester United, que ainda tinha Cristiano Ronaldo na ocasião, porém o Barcelona por sua vez ainda tinha Samuel Eto'o, além de Lionel Messi, incisivos e decisivos, 2 a 0 no placar e festa catalã no Stadio Olimpico, em Roma, o Barcelona colecionava título em cada decisão que disputava, não poderia ser fiferente na última.

Além de ser a última ela acontece tradicionalmente no fim do ano, porém do Japão foi aos Emirados Árabes Unidos, especificamente em Abu Dhabi, com a equipe do Atlante fazendo 1 a 0 no todo poderoso Barcelona, o susto não assusta e o time de Josep Guardiola vira para 3 a 1, na grande final os argentinos do Estudiantes tentam a mesma tática, fazem o primeiro gol mas acabam levando dois, um no final do jogo com Pedro Rodrguez e outro já na prorrogação ironicamente com o argentino Messi, o Barcelona ratifica o status de favorito, venceu tudo e venceu todos, não deu chance para ninguém em 2009, finalmente se tornando campeão Mundial de Clubes. (Foto: via PicApp)

0 comentários: