E as belgas estão de volta

09:14 Net Esportes 0 Comments

No dia 26 de maio de 2003 elas fizeram a grande decisão no torneio de Roland Garros, de um lado estava a belga Justine Hinin, e do outro a sua compatriota Kim Clijsters, que já havia amargado um vice-campeonato no saibro de Paris dois anos antes quando foi superada por Jennifer Capriati, e acabou sofrendo mais uma derrota diante de uma das melhores jogadoras dos últimos tempos, Hinin arrasou e venceu por 6-0 e 6-4, conquistando ainda mais três títulos seguidos poucos anos depois, mas resolveu se aposentar assim como sua adversária da mesma nacionalidade, porém não por muito tempo.
Brisbane International 2010 - Day 1
Quem mudou de idéia primeiro foi a que menos venceu, Kim Clijsters se tornou mãe quando esteve afastada, repensou na sua carreira e talvez tenha percebido que apenas um título diante de quatro vice-campeonatos de Grand Slam é algo que não esteja correto, decidiu voltar e que retorno fenomenal foi esse, não deu chances para ninguém e conquistou o torneio US Open mais uma vez no ano passado, se consagrou novamente e mostrou que ainda pode dar muito trabalho, despertando o mesmo desejo em Henin que também estava afastada por motivos que nunca poderão ser explicados.

Ela diz que estava cansada, que queria dar um tempo e que iría se dedicar mais à família, provavelmente fez tudo isso mas a saudade do tênis deve ter falado mais alto, além de ver que Clijsters havia voltado e se dado muito bem. Justine Henin então toma a melhor decisão de sua vida desde que tomou a pior delas, retorna e se diz melhor do que nunca, vence logo em sua primeira partida, no torneio de Brisbane, na Austrália, que serve como preparação para o primeiro Grand Slam do ano, o Aberto da Austrália, onde foi campeã no ano de 2004.

Justine Henin teve azar de estrear logo contra a cabeça de chave número 2 Nadia Petrova, mas sorte ao mesmo tempo, pois acabou ficando do outro lado da chave e longe da conterrânea Clijsters, que é a cabeça de chave número um e já venceu duas partidas, Anna Ivanovic e Daniela Hantuchova por exemplo estão na briga pelo primeiro título do ano, mas as forças ocultas do tênis parece que querem logo de cara um novo encontro entre as belgas Henin e Clijsters logo na primeira decisão de 2010, para delírio dos torcedores que provavelmente imaginaram nunca mais poder ver isso acontecer, porém elas mudaram de opinião, as belgas estão de volta e o tênis feminino agradece. (Foto: Bradley Kanaris/Getty Images via PicApp)

0 comentários: