Massacres, e uma zebra

13:48 Net Esportes 2 Comments

Divisional Series nos playoffs da NFL é sempre um momento de muita tensão, afinal quem está nesta reta final da disputa são teoricamente aqueles que jogaram melhor durante toda a temporada regular e também início dos playoffs, o que se espera são jogos difíceis e muito disputados, mas nesse ano não foi bem isso que acabou acontecendo, pois três times que atuaram em casa e que não jogaram na primeira rodada dos playoffs simplesmente arrasaram seus adversários, algo que acabou não acontecendo apenas no último jogo da rodada, afinal alguém tinha que fazer valer a teoria.
Jets vs. Chargers
O responsável por equilibrar as coisas foi o New York Jets, que não ganhava duas partidas seguidas em playoffs desde 1982, que se classificou no sufoco depois de enfrentar um Indianápolis Colts que poupou seus jogadores na temporada regular, e que foi até San Diego para proporcionar a grande zebra dos playofss da NFL neste ano, vencendo o favorito San Diego Chargers por apertados 17 a 14, e de quebra acabando com uma invencibilidade do rival que já durava 11 partidas até aqui, fim de linha para o time do quarterback Philip Rivers e início de uma longa jornada para outros três imponentes do Futebol Americano nesse ano.

Para enfrentar o Jets na grande final da Conferência Americana vem aí o Indianápolis Colts, mas desta vez o Jets que se cuide, desta vez vem time completo incluindo o espetacular Payton Manning, depois de uma longa jornada invictos o Colts optou por poupar seus jogadores e quebrou a grande sequência, mas nada como voltar a atuar completo para conseguir um dos três grandes massacres da rodada, pobre Baltimore Ravens que havia feito o milagre de eliminar o todo poderoso New England Patriots, eles não tem nem chance, não fazem nenhum touchdown que seja, perdem por nada amenos que 20 a 3.

Massacre em Indianápolis e massacre também em Minnesota, o veterano Brett Favre com seus 40 anos de idade ainda joga e joga muito, ele acerta 15 de 24 passes sendo quatro para touchdown, atinge 234 jardas e o Vikings humilha o Dallas Cowboys de Tony Romo, a vergonha é a mesma do Ravens, 34 a 3 sem nenhum touchdown marcado, algo que o Arizona Cardinals pelo menos consegui fazer duas vezes, mas pouco diante dos 45 pontos que marcou o New Orleans Saints em mais um massacre da NFL, a decisão da NFC vai pegar fogo tanto quanto a da AFC, resta saber agora se os jogos serão equilibrados ou se vamos ter novos massacres e quem sabe novas zebras pintando no Super Bowl. (Foto: Wally Skalij/Los Angeles Times/MCT via PicApp)

2 comentários:

Ron Groo disse...

Graças à Deus tem este espaço pra eu me informar da NFL.

Luiz Paulo Knop disse...

Pelo andar da carruagem a dinastia Green Bay Packers pode voltar a existir... dessa vez nos Vikings... vou torcer pro Brett pelo touchdown contra o meu 49ers