Sol e calor em Melbourne

10:25 Net Esportes 2 Comments

O suor escorre sem parar pelo rosto e a sensação térmica é de mais de 50ºC, está muito sol e está muito calor em Melbourne, na Austrália, desse jeito nem canguru resiste, os dias são extremamente quentes e as temperaturas extremamente altas, e esse é o cenário inevitável do primeiro Grand Slam do ano, dificuldades que todos os tenistas terão que enfrentar, problemas que nem mil litros de água e isotônicos podem resolver, pior que isso é saber qual será o seu adversário de estréia e os possíveis confrontos futuros, os jogos literalmente vão pegar fogo.
2010 Australian Open Previews
Na ponta de cima da chave não havia nenhuma dúvida, lá está Roger Federer, o suiço que é um dos grandes favoritos ao título, mas o local Lleyton Hewitt é candidato a enfrentá-lo já nas oitavas-de-final, pior do que isso só mesmo o provável adversário das quartas-de-final, o carrasco Nikolay Davydenko, que o eliminou recentemente no torneio preparatório para o Aberto da Austrália, mas se conseguir a revanche Federer não terá se livrado de todos os problemas, pois o adversário para definir a grande final pode ser o velho conhecido Novak Djokovic.

Já do outro lado Rafael Nadal não estará totalmente livre das difuculdades que Federer terá, pois Andy Murray pode ser seu adversário de quartas-de-final e outro Andy, mas dessa vez o Andy Roddick pode encontrá-lo na semifinal, pior para o brasileiro Thomaz Bellucci, que se passar pela estréia diante Teimuraz Gabashvili terá pela frente logo na segunda rodada justamente o norte-americano Roddick, que foi quatro vezes semifinalista jogando no Aberto da Austrália, inclusive no ano passado, uma dificuldade que não será exclusividade dele, já que a chave feminina revelou surpresas quentes também.

Serena Williams não deve ter muitas dificuldades no começo, mas na semifinal pode reencontrar a irmã Venus em um possível confronto, já do outro lado as coisas devem esquentar tanto quanto são quentes as quadras do complexo de Melbourne Park, Justine Henin deve pegar Elena Dementieva logo na segunda rodada, e mais um encontro com a compatriota Kim Clijsters pode acontecer nas quartas-de-final, bom para Maria Sharapova, que ficou do lado de Dinara Safina e quem sabe tem um caminho livre até a semifinal, onde as coisas realmente começam a pegar fogo, principalmente em um lugar onde o sol brilha intensamente nessa época do ano. (Foto: Mark Dadswell/Getty Images via PicApp)

2 comentários:

Vinicius Grissi disse...

Vem passar uma semana em BH, aí você vai ver o que é sol e calor! hehehe

Silvano Vianna disse...

Velho nessa de passar uma semana, Salvador é pior do que BH fácil. Aposto em Federer e Henin pra os campeões desse ano contra Rodick e Vênus na final.