O prêmio Laureus de 2010

12:25 Net Esportes 2 Comments

Awards Room-Laureus World Sports Awards Abu Dhabi 2010
Aconteceu no último dia 10 de março a grande cerimônia de entrega do prêmio Laureus de 2010, uma festa digna de um Oscar em Hollywood, e é justamente assim que essa premiação que elege os melhores atletas de cada ano é conhecida, o Oscar do esporte que escolheu na belíssima noite de gala aqueles que foram os melhores competidores esportivos do ano de 2009, e como todos ficaram sabendo, o raio caiu novamente no mesmo lugar, Usain Bolt, que faturou três medalhas de ouro no Mundial de Berlim, não deu chances para ninguém e faturou o prêmio pela segunda vez consecutiva.

O prêmio para o jamaicano foi merecido, talvez Roger Federer que também teve um 2009 excepcional poderia ser também escolhido, mas o fato dele ter ganho quatro vezes seguidas entre os anos de 2005 e 2008 tenha feito o pessoal não bater novamente na mesma tecla, já entre os outros concorrentes poucos talvez tivessem chance como Valentino Rossi ou Alberto Contador, mas seus feitos apesar de muito importantes não conseguiram fazer a diferença, algo que ocorreu também só que de maneira injusta na premiação feminina, onde aqueles que elegem a melhor atleta do ano preferiram ficar na mesmice.

Campeã do Aberto da Austrália, Wimbledon e também do WTA Championships, além de terminar o ano como número um do mundo, Serena Williams fez bonito e conquistou o prêmio Laureus pela segunda vez, mas suas concorrentes eram tão fortes quento e também e mereciam levar o famoso e cobiçado troféu, Federica Pellegrini teve uma performance brilhante no Mundial de Natação de Roma, assim como Britta Steffen, além da esquiadora Lindsey Vonn que havia faturado pela segunda vez seguida Copa do Mundo de Esqui Alpino, o melhor para ela no entando e que ontem ela garantiu o tricampeonato, o que provavelmente já garante sua candidatura para concorrer ao prêmio no ano que vem.
Awards Room-Laureus World Sports Awards Abu Dhabi 2010
O prêmio de melhor equipe do ano não pode ser contestado jamais, mas os concorrentes da equipe Brawn GP de Fórmula 1 podem reclamar, ou alguém acha que o time de futebol do Barcelona e o time de Beisebol do New York Yankees também não foram excepcionais, já a revelação do ano foi Jenson Button, como se ele já não fosse conhecido antes de ser campeão, e o prêmio de melhor retorno foi merecidamente para Kim Clijsters, que arrasou ao encerrar a aposentadoria e faturou o título do US Open, mais um troféu merecido assim como o de esporte de ação que foi para a surfista Stephanie Gilmore, e esse poderia ter sido o prêmio de beleza que ninguém iria discordar jamais. (Fotos: Getty Images via PicApp)

2 comentários:

FilipeJMS disse...

Bolt não dá chances aos seus rivais nem em premiação de melhores do ano!!

F1 Trulli disse...

Serena venceu? ñ q ela ñ mereça, pq jogou e joga muito, + pelo bafafá no U.S. open ñ imaginaria q ela fosse vencer
e Federer... é bom mudar d vez em quando hauhauaha

Abração
f1trulli.blogspot.com