Vancouver já virou passado

09:07 Net Esportes 0 Comments

Alpine Skiing World Cup in Crans-Montana
As Olimpíadas de Vancouver 2010 foram encerradas há uma semana, seus acontecimentos que encantaram o mundo ainda estão pulsando intensamente na memória de muitos mas talvez não de todos, para quem a vida continua os Jogos já são passado, as competições normais recomeçaram e já está na hora de olhar para frente visando novos objetivos, caso de Lindsey Vonn, a esquiadora norte-americana que chegou no Canadá em busca de quem sabe cinco medalhas e saiu de lá com duas, uma de ouro em sua prova favorita e um bronze, já é muito mas pareceu pouco, será que muita pressão psicológica atrapalhou seu desempenho?

Se houve ou não muita pressão, ela deve ter sumido completamente neste final de semana quando as disputas da Copa do Mundo de Esqui Alpino voltaram a ser realizadas, de Vancouver todos vão para Crans-Montana, na Suiça, e junto com todas as atletas vai também o mal tempo, a nevasca e o vento forte, mas a organização aqui não é a mesma do continente americano e aqui ninguém vai descer a montanha sem visibilidade ou em condições impróprias, aqui a prova do Super Combinado que aconteceria na sexta-feira é cancelada, a primeira volta por cima de Lindsey Vonn é alcançada com o título desta modalidade que vem por antecipação.

Lindsey Vonn havia conquistado antes das Olimpíadas de Vancouver o título antecipado do Super G e logo após o Jogos conquista também por antecipação o título geral do Super Combinado, mas no Downhill, sua prova favorita e a prova que lhe fez brilhar nos Jogos Olímpicos ela ainda não era campeã, traz o drama de não ter tido o grande desempenho esperado na grande competição que só acontece de quatro em quatro anos e ainda por cima um dedo quebrado na última queda que colocou fim nos seus próprios sonhos e na expectativa de todos os seus fãs, mas a grande montanha está ali na sua frente para ser enfrentada, e ela faz o que literalmente nasceu para fazer.
Sports News - March 06, 2010
A vitória vem e para trás nem sinal da grande rival Maria Riesch, ela conquista o título geral do Downhill em seu terceiro título de uma das cinco modalidades e mais um por antecipação, e no domingo ainda ficou em segundo lugar do Super G, mantendo a doce e saudável rotina de ser sempre uma das melhores. E mesmo que não figure nem entre as cinco melhores do Slalom e Giant Slalom, seus objetivos na Copa do Mundo ainda não terminaram, ainda falta o título de campeã geral, que seria o seu terceiro título geral seguido, o quarto Globo de Ouro no mesmo ano que a consagraria como a maior esquiadora norte-americana da história, e uma das maiores que já existiram, Vancouver sem dúvida já virou passado faz tempo. (Fotos: ZumaPress via PicApp)

0 comentários: