Red Bull fica onde merecia

13:33 Net Esportes 4 Comments

Red Bull Formula One driver Mark Webber of Australia celebrates after winning the Monaco F1 Grand Prix
Os torcedores, a imprensa, os especialistas e sem dúvida todos os pilotos e equipes já haviam percebido e comprovado, a Red Bull tem o melhor carro desta temporada da Fórmula 1 e tudo para dominar amplamente o campeonato, alguns probleminhas iniciais e o tempo instável em algumas provas impediram que isso ocorresse desde o começo, mas logo as coisas ficaram do jeito que eles queriam, onde a algum tempo já mereciam a liderança no mundial de equipes e também a liderança no mundial de pilotos, com o detalhe que seus dois pilotos lideram agora o campeonato com o mesmo número de pontos, nada poderia ser melhor do que isso depois do GP de Mônaco.

Os adversários não podem ser esquecidos, mesmo porque continuam fortes e não da para brincar em um campeonato tão longo que distribui 25 pontos ao primeiro colocado, mas a briga de hoje não é exclusiva com os pilotos das outras equipes, a briga agora é dentro da própria equipe Red Bull, entre seus dois candidatos ao título de campeão da Fórmula 1, entre a alemão que era apontado como favorito Sebastian Vettel, e o australiano que até pouco tempo atrás era considerado apenas como o companheiro de equipe, Mark Webber, que foi de simples escudeiro a vencedor de duas corridas consecutivas, e que assumiu a liderança do Mundial de pilotos.

Eles fizeram juntos todas as pole-positions do ano, e mesmo que sair na frente não tenha significado uma vitória certa, é sempre melhor estar lá e fazer essa história mudar definitivamente, vitória na Espanha para dizer de forma educada - "Eu estou aqui", e vitória no principado de Mônaco onde virou Rei por um dia para dizer - "Eu estou nessa briga e tenho condições de ser campeão também", esse é Mark Webber, que deu um grande show nas ruas de Monte Carlo e seu lendário circuito para colocar seu nome definitivamente na boca do povo, em uma corrida onde mais uma vez para muitos faltou emoção, mas para quem está lá dentro sobrou desafio quando o muro esteve tão perto.
Red Bull Formula One driver Mark Webber of Australia leads the race in front of team mate Sebastian Vettel of Germany at the start of the Monaco F1 Grand Prix
Um bate daqui e outro bate dali, o Safety Car deve ter até cansado de ter sido tantas vezes acionado, sendo que na primeira delas Fernando Alonso aproveita a lição que aprendeu em Cingapura e da o seu pulo da sorte, vai de últim lá para frente para poder brigar melhor por posições, ele foi muito esperto mas Michael Schumacher conseguiu ser mais esperto que ele, porém no sentindo de sacana, pois na última volta havia o Safety Car na pista que foi para os boxes antes da última curva e o alemão aproveitou para pular à frente do espanhol e ficar na sexta colocação, como se o regulamento não proibisse isso, como se pudesse ultrapassar antes da linha de chegada mesmo que não fosse a última volta, e como se o fiscais não fossem investigar e punir, nessa horas é melhor ser o Mark Webber e estar na Red Bull para não ser obrigado a fazer cada coisa por tão pouco. (Fotos: Robert Pratta/Reuters via PicApp)

4 comentários:

FilipeJMS disse...

Seria a Red Bull a Brawn GP de 2010? Ano passado a Brawn se aproveitou de uma brecha no regulamento e criou um carro bem mais rápido que as outras equipes. Será que esse ano está acontecendo a mesma coisa com a Red Bull?

Patrick Araújo disse...

Olá amigo blogueiro.

Muito obrigado pelos parabéns e o apoio! Muito obrigado mesmo.

Passando aki pra te desejar uma ótima semana e pra te avisar que o Blog Publicidade Esportiva está voltando com suas atualizações depois desta breve parada.

Agora é hora de botar as coisas no lugar.

Abraços...

Patrick Araújo disse...

Naum assisti a corrida, tava no Intercom e fiquei meio que alienado no que estava acontecendo pelo planeta... Vc ficar sem TV eh realemente algo impressionante.... Fica fora do mundo...

Mais eh notória a superioridade da Red Bull esse ano e concerteza eh favorita ao titulo da Formula 1

Leandro disse...

Mais do que merecido e esperado esse pleno domínio da Red Bull na Fórmula 1. É uma aposta no certo que se mistura com trabalho. Não se pode falar em projetista sem citar em primeiro lugar o nome Patrick Head na Fórmula 1.
A Red Bull conseguiu acertar o carro, corrigindo pequenas falhas que afetavam o rendimento dos carros durante as corridas. Voando nos treinos e agora nas corridas, tá muito difícil chegar nos Red Bulls. A briga vai ser interessante, porque o que falta de desempenho dos carros dos adversário, sobra em talento num Fernando Alonso, Lewis Hamilton, Felipe Massa para incomodar os rubro-taurinos.
Abração

P.S: Não vi a corrida, mas pelo que li, tirando as batidas, o resto foi muito óbvio, a procissão de sempre da F-1 moderna. Mas o destaque vai para Chandhok protegendo a cabeça com as mãos quando o carro de Trulli sobrevoava o seu.