Uma prévia de Roland Garros

10:17 Net Esportes 4 Comments

RAFAEL NADAL VS ROGER FEDERER
Toda aquela plenitude da forma física perfeita ficou para trás, hoje em dia, apesar de ainda ter apenas 23 anos de idade, não é bom arriscar muito pois as lesões podem aparecer, assim o tenista Rafael Nadal preferiu adotar um calendário menos cansativo para o ano de 2010 e isso lhe trouxe melhores resultados do que no ano passado, desta vez ele jogou em um e não no outro conseguindo voltar a ser o bom e velho Nadal de outras épocas, da época que ele era considerado o Rei do Saibro, da época que não perdia nenhum jogo na terra batida, da época que não dava qualquer chance ao seu maior rival Roger Federer, o freguês que perdeu mais uma vez.

Roma, Monte Carlo e agora jogando em casa, em Madri, Rafael Nadal jogou menos do que o de costume no seu piso favorito mas venceu os três torneios da série Masters que se dispôs a jogar, com isso ele chegou ao 18º título nesse tipo de competição e superou a marca recorde de ninguém menos que Andre Agassi, nenhuma conquista foi em vão mas mesmo que jamais as desconsidere, todos sabem que os grande desafio será na próxima semana, onde começa o torneio de Roland Garros, onde foi derrotado precocemente no ano passado e onde o atual campeão é justamente Federer, o jogo de ontem talvez tenha sido uma grande prévia da grande final deste ano.

Imponente como sempre foi, preciso como sempre gostaria de ter sido, Rafael Nadal marcou 6/4 e 7/6 (5) em Federer e devolveu a derrota sofrida em 2009, sagrou-se campeão com um gostinho especial pois estava jogando em seu país e passou pelo adversário que talvez mais adore superar, são 14 triunfos contra sete do oponente, mesmo assim ele sabe que após esse curto período de glórias, precisa vencer em Roland Garros para provar definitivamente que é o Rei do Saibro, para provar que a derrota no ano passado, a única de toda a sua carreira em Paris, foi um acidente de trabalho e não irá acontecer novamente, podendo ainda se tornar o líder do ranking.
Rafael Nadal of Spain celebrates his victory over Roger Federer of Switzerland at the end of their Madrid Open final tennis match
Roger Federer se recuperou de alguns resultados ruins que teve recentemente e conseguiu a final em Madri, mas viu seu pesadêlo maior voltar quando bateu de frente com Nadal na grande decisão, se o espanhol estivesse na final de Roland Garros do ano passado talvez ele nunca tivesse conseguido o título, pior ainda será se for eliminado precocemente em Paris, ele pode perder a liderança do ranking justamente para Rafael Nadal que voltou a ser o número dois do mundo, mais do que isso não baterá o recorde Pete Sampras de 286 semanas na liderança do ranking, porém se jogarem como jogaram essa semana isso fatalmente não irá acontecer, e a final de ontem pode ter sido a grande prévia do que vai acontecer no dia 6 de junho. (Fotos: ZumaPress e Susana Vera/Reuters via PicApp)

4 comentários:

Vinicius Grissi disse...

A furada do Fereder no fim foi o retrato do jogo. Bela e importante vitória do Nadal. E marca interessante a que ele atingiu, apesar de ser um torneio de média expressão.

FilipeJMS disse...

Nadal com 23 anos de idade já superou André Agasi em títulos no saibro. Mas como você disse, é bom Nadal saber dosar as competições que vai disputar. O jogo do Nadal é mais de força, mt mais desgastante do que o do Federer por exemplo!

Patrick Araújo disse...

Impressionante o que você escreveu... "hoje em dia, apesar de ainda ter apenas 23 anos de idade, não é bom arriscar muito pois as lesões"...

Nadal tem a minha idade, muito novo, e ja tem que se preocupar com lesões, como se fosse um veterano, o tenis realmente é um esporte que traz muito esforço do atleta.

Fiquei impressionado com isso...

Mais mesmo tendo que jogar menos ao ano, como vc mesmo falow, ele ta papando tudo e mto melhor do q tivesse jogando todos os torneios... Isso so mostra a capacidade e a qualidade tecnica do atleta que eh um dos melhores do mundo!

Net Esportes disse...

No ano passado as lesões fizeram Nadal perder Roland Garros e cair para quarto lugar no ranking, o Gustavo Kuerte encerrou a carreira por casa de uma lesão .... agora imagina se o Nadal encontrar esse equilíbrio que encontrou esse ano sempre, e jogar mais 10 anos pelo menos ganhando tudo que está ganhando !!! ele bate até os recordes do Federer !!!