Um ciclista que não brinca

19:19 Net Esportes 0 Comments

20th stage of the 93rd Giro d'Italia cycling tour
O jovem mais bem colocado no Tour de France em 2002 prometeu: "Não vou para a Volta da França a passeio", ele não brinca mesmo em serviço, Ivan Basso venceu o Giro d´Itália no ano de 2006 e após ficar suspenso por doping cerca de dois anos, pelo fato de estar envolvido no escândalo da Operação Porto, voltou para levar a maior competição de seu país pela segunda vez na carreira, em uma competição que é marcada pelas difíceis e complicadas subidas, uma competição que em seu último dia ainda coloca o título em disputa e uma competição em que ele foi mais uma vez preciso no momento certo, no momento que não era hora para brincar.

É impressionante o amor dos europeus pelo esporte e pelo ciclismo, o povo vai literalmente para as ruas ver os melhores competidores desta modalidade fascinante passar, principalmente quando se tem uma escalada difícil, pois os ciclistas vão passando um a um nas estradas tomadas por pessoas que os incentivam de forma emocionante, um desses dias aconteceu durante a etapa 15, realizada em 23 de maio, e nela foi justamente o italiano Basso que terminou na primeira colocação, posição que naquela altura não era suficiente para tirar a camisa rosa de líder geral das mãos do espanhol David Arroyo, mas uma posição que foi fundamental apara que isso se tornasse realidade no decorrer da última semana.

Mais do que esforçado, Basso foi paciente, diminui um pouco mais a diferença na etapa de contra-relógio em subida e não arriscou nada nas duas etapas intermediárias seguintes, pois o seu grande momento iria acontecer no penúltimo estágio de 195Km entre Brescia e Aprica, com um trabalho indispensável do companheiro de equipe Vincenzo Nibali, a quem ele dedicou muito sua conquista, e com a vitória de Michele Scarponi que pouco importava naquela altura, pois Arroyo havia ficado muito para trás na primeira subida, diminuído a diferença na descida mas perdendo muito mais tempo na subida final, detalhes que mudam tudo em uma prova tão longa e cansativa como essa.
Liquigas team rider Basso of Italy kisses the trophy on the podium after winning the 101th Giro d'Italia after the 21st and last stage in Verona
Ivan Basso assumiu a liderança e vestiu com orgulho a maglia rosa, no dia seguinte, em mais um etapa com subida, ampliou sua vantagem, para apenas admistrá-la na derradeira e última etapa realizada neste domingo, um contra relógio com uma chegada de cinema, dentro da Arena de Verona completamente lotada pelos torcedores e com um palco montado para a grande festa, com Basso comemorando muito e erguendo o bonito troféu que faturou pela segunda vez na sua carreira, e ainda mostrando muito mais vontade para a disputa do Tour de France, ele se recuperou dos problemas pessoais e talvez agora esteja livre para escrever a história, Armstrong e Contador que se cuidem, Basso não é de brincadeira. (Fotos: ZumaPress e Alessandro Garofalo/Reuters via PicApp)

0 comentários: