A Copa dos Sul-Americanos

17:58 Net Esportes 2 Comments

Paraguay's Enrique Vera celebrates scoring a goal during their 2010 World Cup Group F soccer match against Slovakia at Free State stadium in Bloemfontein June 20, 2010.  REUTERS/Siphiwe Sibeko (SOUTH AFRICA - Tags: SPORT SOCCER WORLD CUP)
Na edição de 1982 da Copa do Mundo a Itália passou para a segunda fase com três empates apenas. Mas no final acabou levando o título. Ter uma campanha ruim na fase de Grupos de um Mundial não significa que o time irá ser eliminado logo ou não ter chances de ser campeão, Paolo Rossi sabe muito bem disso. Porém quando se vê equipes ganhando jogos, apresentando um bom futebol, com alguns encaminhando a classificação e outros já garantindo vida longa na disputa, não se pode deixar de prever que eles prometem fazer algum estrago no decorrer da competição. E na África do Sul esse é o caso das Seleções Sul-Americanas, onde as cinco que lá estão permanecem invictas, e estão prontas para quem sabe fazer uma história jamais vista em todos os tempos.

O Uruguai mostrou sua força com Forlán e a Argentina dirigida com Maradona é uma das grandes favoritas ao título. Os dois já foram campeões do mundo em outras oportunidades e não é difícil imaginá-los indo longe nesta Copa do Mundo. A equipe liderada por Messi tem tudo para garantir o primeiro lugar no Grupo, e assim ficar na parte de baixo da tabela nas oitavas-de-final. Já o Uruguai quer ser também o primeiro colocado para justamente escapar do confronto com a própria Argentina, para isso precisa apenas empatar com o México na última rodada. O time dirigido por Oscár Tabarez iria desta forma para a parte de cima da tabela na fase seguinte.

Goleadas de três a zero e quatro a um foram convincentes, mas o dois a zero do Paraguai também foi. Não é possível determinar categoricamente que a Eslováquia seja um adversário mais fraco ou mais forte que a África do Sul ou a Coreia do Sul, mas os paraguaios mostraram serviço e futebol para sonhar com um futuro melhor em uma Copa do Mundo. Na situação em que se encontram podem ficar até com o primeiro lugar no Grupo F, e assim escapar da parte de cima da tabela e ficar na parte de baixo, só que longe da Argentina, que encontraria apenas na semifinal se conseguisse ir fazendo história até lá, uma semifinal que poderia ser toda Sul-Americana inclusive.
Brazil's Luis Fabiano celebrates after scoring a goal during a 2010 World Cup Group G soccer match against Ivory Coast at Soccer City stadium in Johannesburg, June 20, 2010.  REUTERS/Kai Pfaffenbach (SOUTH AFRICA - Tags: SPORT SOCCER WORLD CUP)
Com Argentina e Paraguai de um lado e o Uruguai do outro. Sendo que o adversário do Uruguai caso este também siga repetindo a história, seria naturalmente outro Sul-Americano, o Brasil, com Luis Fabiano desencantando, o time finalmente reencontrando o seu bom futebol e passando pela Costa do Marfim por 3 a 1. Os africanos, que ao contrário dos Sul-Americanos não estão conseguindo fazer nada na Copa do seu continente, até tentaram apelar no final da partida, conseguiram que Kaká fosse expulso de campo de maneira injusta e quase quebraram o joelho de Elano. Mas o Brasil resistiu como um guerreiro, e a tendência é crescer mais daqui para frente, problemas de Portugal, e de toda a Europa.

A Espanha já perdeu, a Alemanha decepcionou e a França está em uma tremenda crise. Não são apenas os africanos que não conseguem jogar a Copa da África do Sul mas os europeus também. Outra prova disso é a atual campeã do mundo, a Itália de tantas histórias, um empate sofrido contra a pequenina Nova Zelândia, com um gol de penalti inclusive. A situação fica mais do que complicada para a Azurra mas tudo que eles querem agora é pensar apenas naquele ano de 1982, sendo que se empatarem no último jogo estarão classificados desde que a Nova Zelândia não consiga vencer o Paraguai, e assim podem estragar completamente a festa dos Sul-Americanos, que por enquanto estão impecáveis em campo, tanto que até o Chile já começa a sonhar e fazer seus planos também. (Fotos: Siphiwe Sibeko/Reuters e Kai Pfaffenbach/Reuters via PicApp)

2 comentários:

Gigante Colorado disse...

Confesso que não vi o jogo do Paraguai, mas gosto do time, queria mesmo que eles ganhassem.
Agora, quanto ao jogo do Brasil, fiquei satisfeita, acho que pela primeira vez o Brasil me convenceu, mas ainda quero ver o jogo contra Portugal! ;)
Mas, realmente, essa é a Copa dos Sul-Americanos! ;)
Tá muito bom de ver isso! :D

FilipeJMS disse...

Verdade, após o jogo de hoje do Chile, as seleções Sul-Americanas lideram 5 dos 8 grupos da Copa. Confesso que pra mim foi uma surpresa, principalmente Uruguai e Chile.