Primeiro fora, primeiro dentro

17:24 Net Esportes 1 Comments

Netherlands' Dirk Kuyt (L) attempts to kick the ball as Japan's Yuji Nakazawa (C) and Tulio challenge during their 2010 World Cup Group E soccer match at Moses Mabhida stadium in Durban June 19, 2010.   REUTERS/Paul Hanna (SOUTH AFRICA - Tags: SPORT SOCCER WORLD CUP IMAGE OF THE DAY TOP PICTURE)
Saudades eles tem muita do passado. Como por exemplo do seu maior ídolo em todos os tempos, Roger Milla, o herói da Copa do Mundo de 1990 que marcou dois gols na vitória contra a Colômbia, válida oitavas-de-final. Camarões fez na Itália aquela que foi a sua maior campanha em toda a história dos Mundiais, se não fossem os gols do inglês Gary Lineker as coisas poderiam ter sido ainda melhores. Uma semifinal contra a Alemanha talvez, alcançar uma posição que seguiram almejando nos anos seguintes. Até hoje na África do Sul 2010, apostando tudo em Samuel Eto'o, só que ele não é Milla, e após duas derrotas a equipe se tornou a primeira eliminada da competição.

Enquanto Eto'o gritava para extravazar após marcar o seu gol, o primeiro de Camarões nesta Copa do Mundo, todos víam o técnico da Dinamarca, Morten Olsen, nem se mexer no banco de reservas. Isso acabou mudando completamente no final da partida, depois que Bendtner e Rommedahl garantiram a virada no placar em um jogo muito movimentado, agora eles estavam vivendo um drama, a vitória era extremamente importante para poder brigar diretamente com o Japão por uma vaga nas oitavas-de-final, o empate poderia significar problemas que naquele momento só fazíam parte da equipe africana, a primeira equipe a dar adeus a Copa do Mundo de 2010.

Nem nas oitavas e nem nas quartas-de-final, Camarões é a primeira Seleção fora justamente por causa da vitória da Holanda, a primeira dentro. Uma vitória magra contra o Japão do incrédulo técnico Takeshi Okada. Sneijder salvou a Laranja Mecânica em um dia que os holandeses ficaram devendo em termos de espetáculo e brilho, mas contaram com falha do goleiro Kawashima, seja pela curva da Jabulani ou simplesmente uma saída mal calculada. Okada negou uma postura covarde da equipe, mas ficou muito claro que os japoneses queriam dois empates para seguir em frente, de qualquer forma pelo saldo de gols precisam apenas empatar com a Dinamarca se não quiserem que seu destino seja o mesmo de Camarões.
June 19, 2010 - 06058640 date 19 06 2010 Copyright imago GEPA Pictures Football FIFA World Cup 2010 CMR vs the Pretoria 19 Jun 10 Football FIFA World Cup 2010 Country game Cameroon vs Denmark Picture shows The Disappointment from Pierre Webo CMR PUBLICATIONxNOTxINxAUTxSUIxITA Pretoria Football men World Cup National team international match cut out Single Action shot Vdig xub 2010 horizontal Highlight premiumd.
A Copa do Mundo segue se mostrando muito equilibrada. Somente após as disputas do Grupo E, o quinto Grupo, acabou vendo uma equipe fora em duas rodadas. No outro jogo do dia, onde a Austrália enfrentou Gana, nem uma derrota poderia tirar os australianos da disputa, que se manteriam com chances matemáticas. A equipe de Gana tinha inclusive um jogador a mais mas perdeu a chance de já garantir a mesma campanha que fez na Copa do Mundo de 2006 quando chegou nas oitavas-de-final. Talvez fosse ali uma amostra de como anda mal a vida dos africanos jogando pela primeira vez uma Copa no seu continente, Camarões que o diga pois acabou sendo justamente a primeira vítima, restando saber apenas se os anfitriões, a Costa do Marfim e Argélia também terão esse destino trágico, triste e muito sofrido. (Fotos: Paul Hanna/Reuters e ZumaPress via PicApp)

1 comentários:

FilipeJMS disse...

Talvez com esse resultado a Holanda nao force a entrada do Robben no terceiro jogo, mas se ele estiver em condições de jogo acho válido a sua escalação, ritmo de jogo faz falta, Kaká e Rooney que o digam!

Gostei muito da partida entre Dinamarca e Camarões, partida cheia de alternâncias!