O drama de 2002 voltando

18:31 Net Esportes 6 Comments

A French fan with painted face..FIFA World Cup 2010 Group A..France v Mexico..17th June, 2010.
Campeã em 1998 e finalista em 2006, a França caminha para repetir sua rotina de glória alternada com fracasso na Copa do Mundo. O drama de 2002 parece estar voltando com toda força agora em 2010, a eliminação precoce ainda na fase de classificação está muito próxima de ocorrer, e o pior de tudo, a equipe pode repetir o desastre de sair sem conseguir ao menos um gol que seja, exatamente igual ao que ocorreu na Copa da Coreia e do Japão. O péssimo trabalho de Raymond Domenech e a falta de brilho de suas principais estrelas os levaram a sofrer um castigo, pela forma menos honesta com que conseguiram a classificação para disputar essa Copa.

Muitos devem estar rindo na Irlanda, acreditando que a equipe francesa esteja pagando o preço de uma certa atitude tomada por Thienry Henry. O principal responsável pela ida da França à África do Sul nem jogou a segunda partida da equipe válida pelo Grupo A, Domenech se deu ao luxo de fazer apenas duas substituições, mudar mais para que? Perdido ou conformado com o resultado, não resta nada a fazer se com os atletas que estão em campo não sai nenhum gol, pois com os do banco é que naõ vai sair mesmo, apesar que havia um que não era goleiro e sabia usar muito bem as mãos para tentar alguma coisa, mas chega de roubar. Bom para o México, que aproveita a chance e não faz feio, faz dois a zero, e vence o jogo.

Em 2002 o México foi o melhor do seu Grupo mesmo tendo a Itália como companhia, já a França conseguiu ser a pior do seu, ironicamente estava no mesmo Grupo A que está dessa vez, e estranhamente sem nenhum dos anfitriões daquela ocasião. Outra coincidência de 2010 com 2006 é que o Uruguai também fazia parte do mesmo Grupo, e não para por aí não, o jogo entre os campeões de 1930 e 1950 contra a equipe da França também terminou em 0 a 0. A França ainda havia perdido para Senegal por 1 a 0 e para a Dinamarca por 2 a 0. Esse último placar já se repetiu, restando agora a grande esperança da África do Sul de conseguir pelo menos se despedir com uma vitória simples.
POLOKWANE, June 18, 2010 Mexico's Cuauhtemoc Blanco celebrates after scoring a penalty shot during a 2010 World Cup Group A match against France at the Peter Mokaba stadium in Polokwan, South Africa, on June 17, 2010. Mexico won 2-0.
Uma vitória simples tira pela primeira vez na história das Copas o anfitrião da segunda fase. A África do Sul deve renovar suas esperanças quase remotas de classificação mas vai precisar ganhar da França de goleada, algo muito difícil apesar de tudo. México e Uruguai vão jogar pelo empate para que ambos sigam em frente, mas isso colocaria os mexicanos em segundo lugar no Grupo, levando a um possível confronto com a Argentina, algo que nem eles, nem os uruguaios e nem qualquer outra Seleção quer por enquanto, fazendo com que até a França ainda sonhe com um milagre. Tudo para tentar evitar que 2010 não termine exatamente como terminou 2002, ou seja, como um grande desastre. (Fotos: ZumaPress via PicApp)

6 comentários:

Ron Groo disse...

Para ser chamado de ruim este time tem que melhorar um bocado...
E Henry, Cisse no banco... Vai entender.

Marcelonso disse...

Essa equipe francesa é uma verdadeira bomba,podem arrumar as "malas enormes",pois essa Copa já era!

abraço

Anônimo disse...

Não entendo de futebol, mas acho que nem pai de santo pra sabe quem vai ganha ou não :D

Muito bom o blog, abraço :D

Sandro Batista disse...

"Sou brasileiro, com muito orgulho, com muito amor", e tenho lá minha pitada de rancor, e confesso que to gostando muito da pífia campanha da França, que é sempre uma pedra no nosso caminho. Não merecia estar na Copa, e pra quem acredita na justiça dos "Deuses do Futebol", é uma punição DIVINA o que tá acontencendo.

http://quimerasequerelas.blogspot.com/

Anônimo disse...

Esta Copa está cheia de surpresas os campeões andam decepcionando.
Poderemos ter alguma surpresa como campeão desta Copa.

Sequelanet disse...

A copa do mundo 2010 não é da França. Fato.