Revivendo os bons tempos

10:19 Net Esportes 4 Comments

Anna Kournikova returns to Wimbledon after an 8 year absence and plants a kiss on partner Martina hingis Wimbledon Tennis Day 8. London. 29.06.10 Pic By Karl Winter Fotosports International Photo via Newscom
Já faz algum tempo, foi no final dos anos 90 e início do novo século. Uma das jogadoras russas mais lindas do circuito de tênis, a estonteante loira Anna Kournikova. Ela fazia mais sucesso posando de modelo do que jogando nas quadras, jamais ganhou um título de simples em toda a sua carreira. Sorte dela que também existem as disputas de duplas, melhor ainda que ela quase sempre atuou ao lado de uma das maiores jogadoras de todos os tempos, a suiça Martina Hingis. O torneio de Tóquio em 1998, dois títulos no Aberto da Austrália e até o WTA em Nova York no ano de 1999. A parceria de sucesso durou até 2002 e cada uma seguiu seu caminho, até chegar em 2010 para finalmente terem a honra de reviver os bons tempos.

Chegamos na segunda semana do torneio de Wimbledon, ainda sobrevivem Serena Williams na chave feminina e tanto Roger Federer como Rafael Nadal na chave masculina. Um torneio de Wimbledon que foi histórico já na sua primeira semana quando viu o mais longo jogo de tênis de todos os tempos, ou ainda quando viu Tsvetana Pironkova chegar pela primeira vez em sua carreira na fase semifinal. As coisas não poderia ficar melhores quando tem início o torneio de veteranas, tenistas já aposentadas. Por incrível que pareça elas só estão com 29 anos de idade, mas abandonaram o tênis faz tempo. Alguns probleminhas insuperáveis e principalmente as lesões afastaram Kournikova e Henin, só que elas voltaram.
Anna Kournikova plants a kiss on partner Martina Hingis after their win on centre court Wimbledon Tennis Day 10. London. 01.07.10 Photo By Karl Winter Fotosports International Photo via Newscom
Parece até covardia enfrentarem logo na primeira rodada as britânicas Anne Hobbs, de 50 anos, e Samantha Smith, de 38. Mas quando revelam após a fácil vitória por 6-2 e 6-4 que jamais voltarão ao circuito profissional tudo acaba mais compreensível. As duas que já estiveram até no Brasil fazendo jogos de exibição, disseram que a idéia de voltarem a jogar juntas surgiu quando pensavam no que iriam fazer neste verão. Martina Hingis disse que estaria na Europa e Anna Kournikova não perdeu a oportunidade de voltar ao All England Club onde não ia desde 2002. Seu melhor resultado na grama sagrada de Wimbledon foi em 1997 quando perdeu na semifinal para a própria Hingis, que por sua vez acabou campeã em Londres naquele ano em que levou todos os Grand Slam´s menos o de Roland Garros onde perdeu na final.
LONDON, ENGLAND - JUNE 29: Anna Kournikova of Russia in action during her Ladies Invitational doubles match against Anne Hobbs and Samantha Smith of Great Britain on Day Eight of the Wimbledon Lawn Tennis Championships at the All England Lawn Tennis and Croquet Club on June 29, 2010 in London, England. (Photo by Clive Brunskill/Getty Images)
O mundo do tênis sente saudades das duas grandes jogadoras que começaram muito cedo e que acabaram sentindo muito o desgaste que esse esporte proporciona para um atleta profissional de alto rendimento. Sentem falta ao verem que as irmãs Williams, que são da mesma época que elas, ainda estão jogando muito bem. Mas sabem que fisicamente elas não tem nenhuma condição, problemas musculares principalmente nas costas como hérnias de disco e necessidades de horas e horas de fisioterapia. Pelo menos em jogos tranquilos elas dão o ar de sua graça, da beleza estonteante da russa Kournikova e da simpatia contagiosa da suiça Hingis, jogando como sempre jogaram tão bem nos bons e velhos tempos que não voltam mais, para alegria de todos que sentiram muito a falta delas. (Fotos: Karl Winter/Fotosports/Newscom e Clive Brunskill/Getty Images via PicApp)

4 comentários:

Silvio Peters disse...

Oh my God a Kournikova!!!

Gigante Colorado disse...

Bah, não entendo nada de tenis...
Mas quem é que nunca ouviu falar da Kournikova???
hahahaha

Beijo (Gabriela)

Gustavo disse...

Ola, muito legal o seu blog, acabei de segui-lo.Gostaria que voce seguisse o meu tambem , que criei a pouco tempo.

http://futebol25horas.blogspot.com/

Este ai é o link, siga-me

abraçoss

Vinicius Grissi disse...

Como é bom ver de volta Kournikova hein?! Uma beleza.

De fato, tênis é um esporte fisicamente muito mais desgastante do que se pode imaginar. O que acaba destruindo cedo a carreira de grandes atletas. Basta ver a atual situação de Federer.