Melhor time de vôlei do mundo

10:48 Net Esportes 5 Comments

July 25, 2010 - Cordoba, Argentina - epa02261378 Brazil's Dante serves against Russia during the World Volleyball League 2010 finals at Orfeo Stadium in Cordoba, Argentina, 25 July 2010.
A bandeira do Brasil é soberana no Orfeo Superdomo, ginásio que fica na cidade de Córdoba, na Argentina. A Seleção local de vôlei foi eliminada logo no começo da fase final da Liga Mundial, perdeu justamente para os brasileiros em um jogo tenso decidido apenas no tie-break. Esse placar de 3 a 2 havia se tornado um placar que era considerado até ruim, principalmente quando ocorreu no segundo jogo realizado no dia 5 de junho em Uberlândia contra a Bulgária. Ele precedeu a única derrota em toda a disputa que ocorreu diante da Holanda. O técnico cubano Orlando Samuels era um dos que dizia que o Brasil de 2010 não era mais o mesmo que havia sido campeão em 2009, mas a hora dele ia chegar e era só uma questão de tempo.

O Brasil que não tinha Serginho, acabou perdendo Giba. Mas o Brasil no vôlei e talvez como a Espanha no futebol, é um time, é um coletivo, e tem peças de reposição à altura no banco de reservas. O troco na Holanda aconteceu no dia 26 de junho em Roterdã. A Coréia do Sul não teve chances e a Bulgária foi novamente despachada, e com mais um placar de 3 a 2. A Seleção Brasileira se tornava especialista em tie-break´s e derrotou a poderosa Sérvia desta mesma maneira. Assim a vaga na semifinal estava garantida e o adversário do jogo realizado no último sábado era justamente a Seleção de Cuba. Nem foi preciso o set de desempate desta vez, com 3 a 1 no placar o Brasil rumava para mais um decisão de título, em busca da hegemonia na Liga Mundial.

No Grupo F da fase final a Itália acabou eliminada diante de Cuba e Rússia. Ao lado do Brasil os italianos eram até o ano passado os maiores campeões da Liga Mundial de Vôlei, ambos com oito títulos cada um. Mas a Sérvia que dificultou a vida dos brasileiros acabou levando um passeio de 3 a 0 dos russos. E na grande decisão, mesmo desfigurado e tendo que improvisar jogadores como Théo e Marlon, substitutos de Vissotto, machucado, e Bruninho. O Brasil conseguiu a vitória suada por 3 a 1 mesmo estando atrás no placar durante o quarto set e conseguindo reverter o resultado, desta vez não precisou de tie-break. Festa na Argentina e tradicional peixinho para comemorar o eneacampeonato, o maior campeão da história da Liga Mundial de Vôlei.
July 25, 2010 - Cordoba, Argentina - epa02261465 Brazil's Giva and his teammates celebrate the victory of his team against Russia 3-1 in the World Volleyball League 2010 finals at Orfeo Stadium in Cordoba, Argentina, 25 July 2010.
Não tem como não exaltar os jogadores, Dante que era um dos mais desacreditados por ter ficado fora do time no ano passado foi heróico, além do maior pontuador da decisão. Porém também fica difícil não responsabilizar mais uma conquista em função principalmente do técnico, Bernardo Rocha de Rezende, o Bernardinho. Um verdadeiro mito, um gênio do veleibol mundial. O título da Liga Mundial que ele conquistou em 2001 foi o seu primeiro pelo Brasil e o segundo na história brasileira. Depois disso o país levou mais sete sendo cinco consecutivos. O trabalho realizado por um dos melhores técnicos do planeta em todos os esportes se deve muito ao planejamento, destacado no livro em que escreveu, além de muito esforço, trabalho duro e principalmente dedicação, que levaram a Seleção Brasileira de Vôlei ao sucesso absoluto. Podendo ser considerada porque não como o melhor time de vôlei do mundo. (Fotos: ZumaPress via Picapp)

5 comentários:

Eduardo o/ disse...

parabéns Brasil

*----*


cara, você escreve muito bem, prendeu minha atenção (eu que nem ligo pra esportes) até o fim. Muito bom

http://oarlecrim.blogspot.com/

FilipeJMS disse...

Na boa, Bernardinho é o melhor técnico que eu já vi!! Impressionante, muda time e muda forma de jogar, a única coisa que não muda são osa títulos, esses estão sempre presentes!!

Vinicius Grissi disse...

Sensacional e justa a conquista.

Principalmente pelo multi-campeão Bernardinho. Um mito!

E não é que seu time assumiu a liderança da Liga no Cartola? Dei moral lá no blog.

Eneacampeão! Não é para qualquer um, não.

Vamos, Brasil!

Abraço,
porforadogramado.blogspot.com

Mariana Cardoso disse...

A nossa seleção de vôlei é a melhor. Sem comparação. E o Bernardinho nem se fale.

Adorei o texto.

Eu e uma amiga começamos um blog de esportes, se puder da uma passada lá para conhecer.