Parque de diversões laranja

17:31 Net Esportes 5 Comments

July 06, 2010 - Cape Town, South Africa - epa02239193 Dutch Arjen Robben celebrates after scoring the 3-1 lead during the FIFA World Cup 2010 semi final match between Uruguay and Netherlands at the Green Point stadium in Cape Town, South Africa, 06 July 2010.
Levou 32 anos para a Holanda chegar novamente em uma final de Copa do Mundo. Aquela Seleção de 1978 ainda era formada por grande parte dos jogadores que encantaram o mundo com o chamado carrossel holandês de 1974. Desta vez porém o jogo da Laranja Mecânica é mais pragmático e se parece mais com um parque de diversões inteiro. Não tem mais o carrossel mas tem a roda-gigante, afinal são três finais em apenas nove participações. Além do carro de bate-bate, pois eles fazem muitas faltas; também a casa dos espelhos, ou Sneijder e Robben não são parecidos? Pelo menos comemoram seus gols de cabeça da mesma forma. Sem falar no trem fantasma, de repente fazem os gols que precisam e causam um pavor no adversário, como o Brasil que tremeu nas quartas-de-final e o Uruguai, que pelo menos se recuperou do susto no final do jogo.

Atordoado, perdido e vendo o mundo dos sonhos e da sua diversão indo embora, o Uruguai acabou fazendo o que se espera de um time que está perdendo a chance de fazer história em um Mundial de Futebol. Forlán já havia sido substituído, Lugano machucado nem jogou e o herói da outra partida Suárez estava apenas assistindo na arquibancada e se protegendo do frio. Mesmo assim a equipe atacou, conseguiu um gol com Maxi Pereira e conseguiu mais tempo do árbitro Ravshan Irmatov que parecia ter se esquecido de apitar o final da partida. Copa do Mundo é assim mesmo, final dramático, emocionante, torcedores com os nervos à flor da pele e fim da linha para quem sai de campo derrotado. A Holanda já havia feito sua parte, havia feito três gols.

Houve falha do goleiro Muslera no primeiro tempo? Talvez, ele estava mesmo um pouco adiantado na bomba de Van Bronckhorst, uma bomba que não era de chocolate mas que acertou a trave no ângulo e abriu o placar do jogo. Falha mesmo teve o goleiro Stekelenburg no chute Forlán, nessa altura da partida o Uruguai ainda tinha esperança e mais tarde o goleiro não erraria novamente. O problema é que eles não foram na tenda da cartomante saber o seu futuro, víram o bandeirinha errar e Sneijder se tornar ao lado de Villa um dos artilheiros da Copa com cinco gols, o chute dele desviado pelo adversário e atrapalhado pelo impedido Van Persie também toca na trave antes de ir para a rede. O algodão doce derreteu e no tiro ao alvo apareceu o pequenino Robben pra deixar sua marca usando sua cabeça raspada, ele não poderia deixar de imitar seus companheiros e fazer a sua jabulani também beijar a trave como todos os outros haviam feito.
A Holland fan looks on during the FIFA World Cup Semi Final match at the Green Point Stadium in Cape Town, South Africa on July 6, 2010. UPI/Chris Brunskill Photo via Newscom
Ao Uruguai resta o consolo de disputar a terceira colocação. A equipe que chegou na África do Sul disputando a repescagem fez bonito, chegou na semifinal depois de 40 anos e quase trouxe as glórias da velha Celeste Olímpica de volta no século 21. Se não fosse por Suárez eles não teriam vencido Gana mas se ele estivesse em campo hoje quem sabe as coisas não seriam diferentes, o capitão Lugano também fez falta mas eles tem que sair de cabeça erguida. Na Copa que parecia apenas dos Sul-Americanos acabaram sendo os únicos representantes do Novo Mundo a estarem entre os quatro melhores. Porém não é fácil passar pelo carrossel, muito menos pela roda-gigante, a montanha russa ou o carro de bate-bate. A Holanda chega ao seu 25º jogo seguido sem perder e a sua sexta vitória em seis jogos neste Copa, a Holanda quer acabar com a sina de perder na final para continuar dando muito mais diversão ao seu torcedor laranja. (Fotos: ZumaPress e Chris Brunskill/Newscom via PicApp)

5 comentários:

TH disse...

Eu continuo achando o jogo da Gana o mais raçudo da Copa até agora. Estava torcendo bastante pra seleção. Parabens pelo blogue esportivo!

Gigante Colorado disse...

Sneijder pra mim é o MELHOR JOGADOR DA COPA! Mas não gosto do GOSTO dessas laranjas... Nem do futebol nem de nada...
Acredito que só chega na final quem merece chegar, e COM TODA CERTEZA a campanha da Holanda a permite dizer que está a um passo do paraíso POR MERECIMENTO SIM!
bjo :*

FilipeJMS disse...

Talvez eu seja um dos poucos que gostem do futebol atual da Holanda, sei que nos jogos antes da Copa a Holanda fez mais do que na Copa, mas se antes eles convenciam e não ganhavam pq não ganhar sem convencer?
Mantenho meu palpite antes da Copa, Holanda campeã da Copa do Mundo 2010!

Vinicius Grissi disse...

Bacana a relação que você fez. De fato, a Holanda versão 2010 não é a mais encantadora, mas é a mais completa de todas até aqui. Chega à final em ótimas condições de brigar pelo título.

Ron Groo disse...

Que chato... Uma seleção que já teve tantos e eternos craques periga ser campeão com um time cheio de operários medíocres.