Um branco entra na história

11:39 Net Esportes 1 Comments

BARCELONA, SPAIN - JULY 30: Christophe Lemaitre of France wins the gold medal in the Mens 200m Final during day four of the 20th European Athletics Championships at the Olympic Stadium on July 30, 2010 in Barcelona, Spain. (Photo by Michael Steele/Getty Images)
Ele confessa que no início da curva suas pernas pareciam tão pesadas a ponto não conseguir mais tirá-las do chão. O francês Christophe Lemaitre teve uma péssima largada para a prova dos 200m rasos do Campeonato Europeu de Atletismo, isso já havia ocorrido antes quando ele deixou seu pé escapar dos blocos de partida na prova dos 100m rasos. A história dramática se repetiu no começo e a história de glória foi a mesma no final também, Lemaitre não só conseguiu uma recuperação impressionante nos 200m como já havia conseguido também um milagre na prova mais rápida do atletismo. O grande detalhe de tudo no final das contas é que o atleta é branco, e não negro como costumam ser os maiores velocistas da história.

Adolf Hitler iria adorar Christophe Lemaitre, ainda mais se ele fosse alemão e tivesse nascido na época que Jesse Owens calou o severo ditador nas Olimpíadas de Berlim de 1936. Isso porque o jovem atleta de apenas 20 anos de idade, que começou a treinar tarde quando já tinha 15, e que divida ainda o seu tempo treinando e fazendo faculdade, conseguiu se tornar o 72º homem em toda a história a baixar da marca de dez segundos nos 100m rasos; sendo que apesar disso parecer algo irrelevante, ele é o primeiro branco em toda a história que conseguiu esse feito dominado amplamente por negros que segundo os estudos genéticos tem mais condições físicas com suas fibras rápidas de literalmente voarem nas pistas. Lemaitre fez 9s98, mas não foi no Europeu de Atletismo. Lá ele largou mal, fez 'apenas' 10s11, mas venceu de qualquer forma.
July 30, 2010 - 06249547 date 30 07 2010 Copyright imago GEPA Pictures Athletics EAA euro 2010 Barcelona Spain 30 Jul 10 Divers Athletics Running EAA European Championships 2010 200m Run the men Picture shows Christian Malcolm GBR and Christophe Lemaitre FRA PUBLICATIONxNOTxINxAUTxITA Athletics euro Barcelona men Action shot Vdig 2010 horizontal Highlight premiumd.
Com Tyson Gay, Asafa Powell e o insuperável Usain Bolt ao seu lado fica difícil imaginar que Christophe Lemaitre tenha alguma chance em campeonatos mundiais, porém se levarmos em consideração sua baixa idade, um bom treinamento que segundo os que não acreditam na facilidade genética dos negros é algo mais do que fundamental e, principalmente melhorar a sua largada, não só nos 100m como também nos 200m, então quem sabe esse francês 'branquelo' ainda possa dar muito o que falar. Mesmo porque a discussão sobre negros levarem vantagem em um dos esportes mais democráticos que existem já começou e não tem hora para acabar. A história é a maior prova que os negros nasceram para serem velozes, e Lemaitre é a constatação que treino faz a diferença ou esse paradigma está sendo quebrado de uma vez por todas. (Fotos: Michael Steele/Getty Images e ZumaPress via PicApp)

1 comentários:

FilipeJMS disse...

Pode parecer pouco, mas o que esse francês fez é histórico!
Quem estuda fisiologia do exercício sabe o que eu estou falando, brancos tem um tipo de fibra que não é o ideal para provas de explosão, é melhor em provas de resistência! Já os negros acontece o inverso, o tipo de fibra predominante é a mais apropriada para provas de explosão, como os 100 rasos!