14 anos e a volta ao mundo

13:48 Net Esportes 2 Comments

Laura Dekker of the Netherlands adjusts a flag on her boat Guppy in the harbour of Den Osse August 4, 2010. Dekker, 14, sets sail for Portugal on Wednesday, after winning a year-long battle with child welfare authorities worried over her ambition to become the youngest person to sail the globe solo. Laura will depart from the southwestern Netherlands on her 11.5-metre ketch Guppy, sailing initially with her father to complete final preparations before starting the official solo part of her journey. REUTERS/Michael Kooren (NETHERLANDS - Tags: SPORT YACHTING)
Em 1995 o Holandês Dick Dekker e sua esposa alemã Babs Müller faziam uma viagem de volta ao mundo em um veleiro que já durava três anos, e ainda ficariam mais quatro anos vagando pela imensidão dos oceanos. A difícil rotina diária de ambos mudou completamente no dia 20 de setembro daquele ano quando próximos da Nova Zelândia a filha do casal nasceu. Laura Dekker veio ao mundo dentro de um barco no porto de Whangarei, passou os primeiros anos de sua vida navegando e era impossível imaginar que não tomaria gosto pelo esporte que o seu querido pai mais amava em sua vida. Aos seis anos ela já tinha seu próprio barco e aprendeu a velejar por conta própria. Aos dez anos Laura já viajava sozinha e pensou: Por que não dar a volta ao mundo sozinha?

Seus planos começaram em 2009 e ela teve total apoio de sua família, mas o tribunal holandês não autorizou a viagem e ela teve que esperar. Esperou durante um ano até que a permissão para sua arriscada viagem finalmente fosse concedida pelo governo. A chance de se juntar ao seleto grupo da australiana Jessica Watson, a jovem que completou sua viagem no último dia 15 de maio e se tornou a mais jovem a realizar o feito tendo apenas 16 anos e 362 dias. Superando o britânico Michael Perham que completou o trajeto em torno do globo com 17 anos e 164 dias de idade. Feitos incríveis e históricos que Laura Dekker pode superar, porém um feito que não terá o reconhecimento do Guinness Book e nem do conselho mundial de vela, ambos se defendem dizendo que não querem incentivar outros jovens a fazerem a mesma 'loucura'.

Em junho, no meio do oceano Índico, a jovem norte-americana Abby Sunderland de apenas 16 anos de idade teve que ser resgatada quando fazia a tentativa de dar a volta ao mundo em um veleiro. Bater em algum navio, sofrer com tormentas, furacões ou tempestade e ser vítima de algum ataque pirata são apenas alguns dos perigos ou problemas que qualquer viagem pelos oceanos pode proporcionar. "Eu não tenho medo mesmo" - diz Laura Dekker ao sair da Holanda rumo à Portugal com seu pai à bordo, em Lisboa daqui a quatro semanas ela vai dar início à sua jornada sozinha à bordo do Guppy, nome do seu novo barco 11,5 m de comprimento. Cerca de 100 pessoas apoiaram sua decisão para que a corte de Middelburg desse enfim o seu aval, comprovando que a adolescente cumpriu com todas as exigências que incluíam curso de primeiros socorros e alguns outros requisitos.
Laura Dekker of the Netherlands waves to well wishers as she sails her boat Guppy out of the harbour of Den Osse August 4, 2010. Dekker, 14, sets sail for Portugal on Wednesday, after winning a year-long battle with child welfare authorities worried over her ambition to become the youngest person to sail the globe solo. Laura will depart from the southwestern Netherlands on her 11.5-metre ketch Guppy, sailing initially with her father to complete final preparations before starting the official solo part of her journey. REUTERS/Michael Kooren (NETHERLANDS - Tags: SPORT YACHTING)
O porto de Den Osse fica para trás e a aventura começa. Laura diz que vai sentir falta de sua família e também do seu cachorro Spot. Os livros são alguns dos ítens que carrega na bagagem, os estudos não podem parar, além do grande objetivo de se tornar a mais jovem velejadora dando a volta ao mundo sozinha. Para conseguir esta façanha ela terá que retornar à Holanda antes do dia 20 de setembro de 2012, parece tempo suficiente para quem ainda tem apenas 14 anos mas sua viagem não será sem escalas e deve mesmo durar cerca de dois anos. Algumas das paradas previstas incluem Aruba, Cingapura, Sri Lanka, Egito, Mallorca e Gibraltar. Além de uma equipe de apoio e uma dose de coragem extra que ela adquiriu desde que nasceu, afinal nasceu no mar e se quer mesmo fazer algo tão perigoso como isso não deve mesmo ser impedida, e todos esperam mesmo é que ela consiga. (Fotos: Michael Kooren/Reutrs via PicApp)

2 comentários:

Rogerio disse...

corajosa ela hem...dar a volta ao mundo...

Ron Groo disse...

Eis aí uma aventura que invejo, mas não teria coragem de repetir...