Quem precisa dos supermaiôs?

11:56 Net Esportes 4 Comments

Cesar Cielo of Flamengo club spits out water after winning the men's 50m freestyle semi-final at the Brazilian Championships in Rio de Janeiro September 21, 2010. REUTERS/Sergio Moraes (BRAZIL - Tags: SPORT SWIMMING IMAGES OF THE DAY)
Qualquer esporte evolui com a tecnologia para conseguir uma performance melhor dos atletas. Na Natação não foi diferente e acabaram surgindo então os chamados supermaiôs, trajes com uma tecnologia do futuro que faziam os nadadores conseguirem 'voar' dentro das piscinas. No começou era uma maravilha como uma bicicleta nova no ciclismo ou uma raquete super moderna no tênis, só que a guerra dos fabricantes conseguia melhorar cada vez mais a roupa e os recordes começaram a ser quebrados praticamente o tempo todo, o esporte estava banalizado desta forma e a FINA resolveu então frear a evolução, banir os supermaiôs e colocar um ponto final na superação dos recordes mundiais a partir deste ano. A tecnologia parou de ser um aliado, mas a evolução dos atletas nunca poderá ter um fim, a pergunta hoje é quem precisa dos supermaiôs?

O velho recorde do Alexander Popov nos 100m livres é só um exemplo. No Brasil as coisas vão ainda melhor, o Troféu José Finkel de Natação é o Campeonato Brasileiro Absoluto de Natação e ele da vagas para o Mundial de Piscina Curta que acontecerá em Dubai no final do ano. É por isso que muitos estrangeiros vão até o Rio de Janeiro para competir entre os tupiniquins. Ninguém usa mais os supermaiôs mesmo porque eles estão proibidos, mas ninguém precisa mais deles. A competição tem um banho de recordes quebrados só nos primeiros dias de finais, são cinco sul-americanos, quatro brasileiros e mais dez do campeonato que acontece em uma piscina de 25 metros. Entre eles está um velho conhecido e grande nome da atual natação brasileira, César Cielo, o maior nadador deste país.

Na segunda-feira ele superou a marca de Fernando Scherer nos 50m livres que vigorava desde o Finkel de 1998. Na decisão de sua prova favorita César Cielo foi além, venceu e convenceu sem o supermaiô, marcou 20s80, melhor tempo mundial da prova em piscina curta sem o uso do traje tecnológico. Até esta quarta, o melhor tempo mundial sem os supermaiôs nesta prova dos 50m livres era 20s93, do sueco Stefan Nystrand que foi obtido na Copa do Mundo de Berlim, em 2007. O segundo lugar na disputa ficou com Nicholas Santos que garantiu a segunda vaga do país para o Mundial de Dubai, competição que pode não ter Cielo pois o nadador, já bem cansado da temporada exaustiva, estuda antecipar as férias e não participar do campeonato que vai acontecer no mês de dezembro.
Cesar Cielo of Flamengo club prepares for the start of the men's 50m freestyle semi-final at the Brazilian Championships in Rio de Janeiro September 21, 2010. REUTERS/Sergio Moraes (BRAZIL - Tags: SPORT SWIMMING)
O Mundial de Dubai em piscina curta sem César Cielo será um ponto negativo para a disputa que naturalmente vai seguir sem o uso dos supermaiôs. O novo traje com tecnologia avançada foi um marco na Natação Mundial mas infelizmente seu uso sem restrições e de forma abusada acabou banalizando demais o esporte que não viu outra alternativa que não fosse o fim total de seu uso para o bem da modalidade. O que se espera é exatamente o que está acontecendo, o esforço dos atletas e conseguir melhorar cada vez mais em busca de nova marcas sem ficar estagnado e sem depender de uma roupa que no fundo estava sendo a grande protagonista na história toda, ofuscando o talento de cada um e se tornando mais uma guerra de marcas e patrocinadores do que uma batalha digna e honrosa entre os nadadores dentro das piscinas, os verdadeiros heróis que estão provando não precisar nunca mais dos supermaiôs. (Fotos: Sergio Moraes/Reuters via PicApp)

4 comentários:

Ana Paula disse...

Eu nem com este super maiô me arrisco!! rs

Jogo Aberto disse...

ADD O LINK DO SEU BLOG,BLZ?

FilipeJMS disse...

Bom ver o Cielo voltando a sorrir após as provas, pena que tenha q usar as cores rubro negras, rsrsrs!

Patrick Araújo disse...

Mesmo ele escolhendo lado mulambo de ser, não tem como negar que o Cesão eh um dos melhores nadadores do planeta...

A imprensa tosca ainda ficou duvidando de sua capacidade, depois dos "maus" resultados nas competiçoes passadas, onde podemos afirmar que já seriam grande atuações se levarmos o histórico da natação brasileira...

Parabéns Cesão e continue assim... Representando o nosso Brasil!